E Lula virou réu na Operação Zelotes

Lula 'cometeu o crime' de prorrogar a MP 1532-2 (o Congresso ratificou), assinada em 1997 por FHC (nunca foi molestado), que concedia incentivos fiscais às montadoras instaladas nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. ​E foi assim que o torneiro mecânico que viajou de pau de-arara e caiu na besteira de melhorar a vida da pobreza nacional, se tornou réu nessa mesma operação

lula
lula (Foto: Sebastião Costa)

No ranking de assaltos aos cofres públicos, medalha de ouro para o caso Banestado, com a insuperável marca de meio trilhão de reais. O segundo lugar fica com o rombo na Petrobrás e a medalha de bronze vai para a roubalheira realizada dentro do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais(Carf). Se no Banestado, estavam lá as digitais de tucanos de alta plumagem, na Petrobrás foi identificada a marca petista. Já o assalto no Carf foi parar no bolso da rapaziada que habita a Casa-Grande.

A Operação Zelotes investiga exatamente os 20 bilhões de reais surrupiados entre 2005 e 2013 através de sonegações dentro do Carf. A traquinagem consistia basicamente numa transação dos conselheiros do órgão com as grandes empresas para zerar ou reduzir a aplicação de multas e penalidades. No rol das empresas implicadas constam algumas gigantes como a Votorantim, Ford, Mitsubishi, Camargo Corrêa, Cerveja Itaipava, Gerdau e os bancos Santander, Bradesco, Safra, BankBoston, Pactual, Brascan e Opportunity, além da RBS, maior afiliada da Rede Globo com atuação no RS e SC.

Com tanta gente graúda envolvida e muito dinheiro rolando, a operação tinha obrigação de ser polêmica.

Quem primeiro 'dançou' na história foi o juiz Ricardo Leite, afastado do caso, por ter se recusado a enviar ao senado, documentos sobre a Zelotes para a Comissão Parlamentar de Inquérito que apurava falcatruas no Carf. De quebra, ainda negou 26 pedidos de busca e apreensão solicitados pelo MP

Logo em seguida caiu a juíza Célia Regina Bernardes que tentou politizar a operação e desviou, sem qualquer sutileza, o foco das investigações das grandes empresas para o filho de Lula. O juiz quis proteger os grandes empresários, enquanto a magistrada com o rabo preso no ninho tucano - o irmão era prefeito de Blumenau pelo PSDB, queria mesmo era jogar mais areia no oba-oba anti-petista que assolava o país

A RBS teria se livrado de pagar a bagatela de 113 milhões, 'lavando as mãos' dos conselheiros do Carf com 11,3 milhões de reais. Lucro líquido às custas dos cofres públicos de 101,7 milhões.

À época a cobertura midiática no envolvimento do filho do petista, teve direito a destaques nas primeiras páginas dos jornalões com repercussões em revistas e telejornais.

Fale-se também do envolvimento devidamente identificado do deputado Afonso Mota (PDT RS), com raízes fincadas na RBS e do ex-deputado pela ARENA, Augusto Nardes, o nobre ministro, que deu o pontapé inicial no TCU para derrubar Dilma, teria tido a 'sorte' de levar para casa a merreca de 2,6 milhões, 'doação' da SGR Consultoria, atolada até a goela no processo.

Votorantim, Bradesco, Ford, Grupo Safra, Santander, RBS da Globo... É muita gente graúda lambuzada num lamaçal de 20 bilhões de reais.

E o que aconteceu com esse pessoal?

Em dezembro do ano passado o presidente do Grupo Safra, Joseph Safra foi premiado pelo TRF-1.

Pelo placar de 2 a 1, a ação penal aberta pela operação foi 'devidamente' arquivada.

Já o outro habitante do andar de cima, Luiz Carlos Trabuco, presidente do Bradesco venceu de goleada - 3 a 0. Em junho do ano passado sua Ação Penal foi julgada pelo mesmo TRF-1 e também 'devidamente' arquivada

Não se tem notícias de presidentes da Votorantim, Santander, Ford, Brascan, Bankboston terem sido penalizados.

E a galera da RBS, da Globo gaúcha segue livre, leve e solta

Foi dentro desse contexto que Lula 'cometeu o crime' de prorrogar a MP 1532-2 (o Congresso ratificou), assinada em 1997 por FHC (nunca foi molestado), que concedia incentivos fiscais às montadoras instaladas nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste

​E foi assim que o torneiro mecânico que viajou de pau de-arara e caiu na besteira de melhorar a vida da pobreza nacional, se tornou réu nessa mesma operação, que já livrou a cara da galera que reside no conforto da Casa-Grande

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Ao vivo na TV 247 Youtube 247