E o Alckmin, vai sair de mansinho?

Os pagamentos de propinas a membros do governo do PSDB, envolvendo a Dersa, o Metrô e o fantasma Paulo Preto, voltaram a causar tremores na cúpula. Mas ninguém fala do Alckmin...

São Paulo - O governador Geraldo Alckmin anunciou o adiamento da reorganização escolar, a coletiva foi realizada no Palácio dos Bandeirantes. (SECOM/ Gov.de SP)
São Paulo - O governador Geraldo Alckmin anunciou o adiamento da reorganização escolar, a coletiva foi realizada no Palácio dos Bandeirantes. (SECOM/ Gov.de SP) (Foto: Alencar Santana Braga)

Os pagamentos de propinas a membros do governo do PSDB, envolvendo a Dersa, o Metrô e o fantasma Paulo Preto, voltaram a causar tremores na cúpula. Mas ninguém fala do Alckmin...

Segundo os delatores, R$ 30 milhões saíram de obras do Rodoanel e outros milhões do Metrô para abastecer as campanhas do PSDB em 2006, justamente quando Alckmin era governador e, na sequência, candidato a Presidente.

Além disso, muitos de seus homens de confiança, segundo a própria imprensa, estão envolvidos no escândalo. Será que o judiciário observará isso?

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Ao vivo na TV 247 Youtube 247