E uma condenada pela justiça do trabalho será Ministra do trabalho. Coisa de golpista

Nada de espanto ou indignação com a nomeação de uma condenada pela justiça trabalhista para Ministra do Trabalho. É só mais um murro na boca do estômago da sociedade. Outros ainda virão. Temer não é diferente de ninguém que ele nomeou. É traidor, corrupto. Um gangster

Nada de espanto ou indignação com a nomeação de uma condenada pela justiça trabalhista para Ministra do Trabalho. É só mais um murro na boca do estômago da sociedade. Outros ainda virão. Temer não é diferente de ninguém que ele nomeou. É traidor, corrupto. Um gangster
Nada de espanto ou indignação com a nomeação de uma condenada pela justiça trabalhista para Ministra do Trabalho. É só mais um murro na boca do estômago da sociedade. Outros ainda virão. Temer não é diferente de ninguém que ele nomeou. É traidor, corrupto. Um gangster (Foto: Edison Brito)

Nada de espanto ou indignação com a nomeação de uma condenada pela justiça trabalhista para Ministra do Trabalho. É só mais um murro na boca do estômago da sociedade. Outros ainda virão.
Afinal, Temer não é diferente de ninguém que ele nomeou. É traidor, corrupto. Um gangster.

Pelo visto para pertencer a organização criminosa golpista é condição "sine qua non" ter sido delatado e/ou ter problemas com a justiça. Questão de manter todos em rédeas curtas. Leiam o "CV" dos ministros que estão lá. São mais sujos que pau de galinheiro. "Leais" colaboradores.

Agora, vejam o caso de Cristiane Brasil (PTB -RJ), deputado federal, filha de Roberto Jefferson, ex-parlamentar e atual presidente do PTB.

Condenada, foi indicada pelo "papi" para ministra do trabalho. Imediatamente aceita pelo ínclito Michel Temer.

O usurpador não contava com o imbróglio judicial que viria.

Membros do Movimento dos Advogados Trabalhistas Independentes (Miti) entraram com uma ação popular contra a nomeação de Cristiane Brasil.

O juiz Leonardo da Costa Couceiro, da 4ª Vara Federal de Niterói, aceitou as argumentações e expediu uma liminar impedindo a posse da Brasil.

Ela insistiu. Não vou desistir. Serei ministra quer queiram ou não, disse a deputada. E não arredou o pé.

O MT, envolvido com a bandidagem golpista/corrupta até o pescoço, se viu numa encruzilhada. Se a mantivesse mostraria que tem uma personalidade débil. Caso desistisse da nomeação poderia se tornar alvo do ódio e da covardia do Jefferson.

Entre a cruz e a espada, optou pela cruz. Manteve a indicação. E deixou o problema do executivo nas mãos do judiciário. Haja republicanismo.

Então, recentemente o ministro Humberto Martins, vice-presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), suspendeu a liminar que impedia a posse da nobre deputada federal.

Pronto! Agora ela já pode assumir a pasta. E Temer, dormir.

O ministério do trabalho, que foi praticamente extinto com o fim da CLT e da lei áurea, tem uma comandante.

E que comandante.

Cristiane Brasil deve ter um pouquinho de rancor dos trabalhadores escondida em seu coraçãozinho, não acham?

Não é só pelo dinheiro, que terá que desembolsar para pagar aos funcionários, por volta de R$ 70 mil, é também pelo desaforo. Onde já se viu, dá emprego e os caras ainda fazem uma sacanagem dessas, justamente com ela, uma boa alma? Mal agradecidos! Mas pobre é assim mesmo... Imagina.

Os golpistas não tem consideração nenhuma pelo povo brasileiro. Acham que não passamos de um bando de idiotas, palhaços a lhes servir, num eterno agradecimento torpe. Sentados em seus privilégios assistem a degradação da autoestima alheia. Porém, é diante de crises que crescemos. Dia 24 de Janeiro a manifestação de apoio ao Lula será a virada de mesa. Os golpistas estão com medo. Pela primeira vez enfrentarão um líder popular e estadista, reconhecido internacionalmente. Capaz de desmascará-los. Pondo fim a cinco séculos de repressão e desmandos. Audácia e coragem, sempre.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247