Entenda por que Gilmar Mendes virou o “sparring” da velha mídia

Gilmar Mendes vai mudar o voto no STF no que diz respeito às prisões de condenados em segunda instância. Isto quer dizer, em bom português, que a lava jato não conseguirá prender o ex-presidente Lula mesmo que o petista tenha a condenação confirmada pelo TRF-4

Subitamente, o ministro do STF Gilmar Mendes virou o “sparring” da velha mídia golpista. Por quê?

O ministro vem sendo demonizado pelos donos da mídia por que ele somente concedeu habeas corpus para os empresários Jacob Barata Filho e Lélis Marcos Teixeira.

Evidentemente que não, pois a velha mídia golpista sempre se alimentou das verbas das máfias do transporte pública.

Que diabos, então, causou esse repentino ataque ao ministro do Supremo?

Ora, chama-se Lula. [Não que Mendes esteja preocupado com a “saúde” de Lula, pelo contrário, mas com a de Aécio Neves e demais tucanos etc.].

habeas corpus favorável aos empresários revoga condenação na segunda instância. Logo, se vale para eles, também vale para Lula e os demais. Cria-se no Supremo o “precedente” para revogar a prisão após decisão de segundo grau.

Gilmar Mendes vai mudar o voto no STF no que diz respeito às prisões de condenados em segunda instância. Isto quer dizer, em bom português, que a lava jato não conseguirá prender o ex-presidente Lula mesmo que o petista tenha a condenação confirmada pelo TRF-4.

O buraco é mais embaixo e as aparências enganam, nesse caso, haja vista que o “movimento” anti-Gilmar Mendes atende aos interesses de ódio de classe de alguns setores da burguesia e da Globo.

O ministro Gilmar Mendes é atacado ao interpretar corretamente a Constituição que prevê a prisão somente após o processo transitar em julgado até a terceira instância. Portanto, o magistrado está sendo linchado pelas virtudes, não por eventuais pecados que possa ter cometido.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247