Eu acuso Jair Messias Bolsonaro

"Eu acuso Bolsonaro de criar condições para o assassinato frio de Marcelo Arruda. Eu acuso Bolsonaro de coautoria de um assassinato!", afirma Eduardo Guimarães

www.brasil247.com - Marcelo comemorava 50 anos quando o bolsonarista Jorge invadiu a festa
Marcelo comemorava 50 anos quando o bolsonarista Jorge invadiu a festa (Foto: Reprodução)


A Nação Brasileira foi vítima, há poucas horas, de mais um crime cometido em nome do homem que uma patologia mental coletiva e potencialmente contagiosa guindou ao poder enquanto ele semeava ódio, burrice e violência. 

Responsabilizar o autor de tantas tragédias é uma missão civilizatória. Vamos a ela, pois. 

Eu acuso Jair Messias Bolsonaro de chegar ao poder estimulando o ódio e a violência contra os adversários políticos e até contra aqueles que não militam  na política, mas levam suas vidas de forma que o presidente da República demoniza usando o Santo Nome em Vão. 

Eu acuso Jair Messias Bolsonaro de facilitar aos brasileiros, e a estimular entre eles, o uso de armas de  fogo não só para defesa, mas para o ataque àqueles que pensam diferente de si ou que levam suas vídas de formas que ele desgosta (!?).

Eu acuso Jair Messias Bolsonaro de Inventar mentiras torpes para predispor hordas de degenerados ou de inocentes úteis usando seu baixo nível de moralidade e seu alto nível de moralismo barato e hipócrita. 

Eu acuso Jair Messias Bolsonaro de usar o dinheiro público de forma desonesta e como se fosse seu, seja confiscando salários de funcionários que o servem e que são pagos por todos os brasileiros através dos impostos, seja usando o Orçamento da União para subornar parlamentares para votarem como ele quer. 

Eu acuso Jair Messias Bolsonaro de reduzir ou congelar programas sociais por três anos e entregar os recursos que deveriam ser usados para socorrer famílias em estado de miserabilidade a banqueiros e grandes empresários através de empréstimos e concessões imorais, se não ilegais. 

Eu acuso Jair Messias  Bolsonaro de usar esses mesmos recursos públicos para tentar subornar o eleitor miserabilizado por seu governo insensível. De quebra, insultando a inteligência daqueles  que empobreceu ao supor que não perceberão que se voltou a eles  só na hora de pedir seus votos de novo. 

Eu acuso jair Messias Bolsonaro de causar a morte de centenas de milhares  de brasileiros ao incentivá-los a não se protegerem da pandemia porque o resultado de todos tomarem cuidados sanitários seria o de eventualmente prejudicá-lo eleitoralmente, pois tais cuidados esfriariam a economia.

Eu acuso Jair Messias Bolsonaro de manchar a imagem do Brasil diante do mundo e assustar a Comunidade das Nações com seu comportamento psicótico. 

Eu acuso Jair Messias Bolsonaro de ameaçar a humanidade e  de afastar investidores do Brasil ao incentivar a devastação do Meio Ambiente em um momento em que as grandes potencias mundias veem o clima no planeta se tornando uma ameaça à vida que esse mesmo planeta abriga.

Eu acuso Jair  Messias Bolsonaro de tentar destruir a democracia e de tentar implantar uma ditadura militar baseada em tortura, censura e assassinatos políticos. E de se recusar a jogar o jogo democrático, que obriga o perdedor de eleições de aceitar a derrota.

Eu acuso Jair Messias Bolsonaro de ter criado monstros como o fanático que no último sábado invadiu a festa de  uma família, onde havia dezenas de mulheres e crianças, e de  tentar matar a todos. 

Eu acuso Jair Messias Bolsonaro de pregar violência contra adversários políticos, como fez em comício no Acre em 2018, quando mandou seus seguidores matarem a "petralhada". 

Entre muitas outras acusações, portanto, eu acuso Jair Messias Bolsonaro de criar condições para o assassinato frio de Marcelo Arruda, guarda municipal, pai de família e  militante do partido que Bolsonaro quer "eliminar" pela violência.

Eu acuso Jair Messias Bolsonaro, portanto, de coautoria de um ASSASSINATO!

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247