Ex-eleitores de Moro garantem vitória de Lula

"Quem ganhou mais com as renúncias de Moro e de Doria foi Lula", analisa Alex Solnik

www.brasil247.com - Sergio Moro e Lula
Sergio Moro e Lula (Foto: Reuters | Ricardo Stuckert)


O cineasta José Padilha, diretor de “O Mecanismo” e um dos maiores admiradores do ex-juiz Sergio Moro até 2019 escreveu ontem em seu Twitter:

“Se ficar entre Lula e Bolsonaro, voto no Lula”.

Ele parece não ser o único ex-eleitor de Moro que agora opta pelo ex-presidente, e não por Bolsonaro, apesar da maior identidade ideológica entre o ex-juiz e o atual presidente.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Datafolha de ontem revelou crescimento de cinco pontos percentuais de Lula em relação ao Datafolha de março: de 43% para 48%.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Bolsonaro foi de 26% para 27%.

Ciro, de 6% para 7%.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Simone Tebet, de 1% para 2%.

 Nulos, de 6% para 7%.

Indecisos, de 2% para 4%.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

De onde vieram os cinco pontos percentuais de Lula?

Na pesquisa de março, Moro, com 8% e Doria, com 3% ainda eram candidatos. 

Os 11 pontos percentuais que detinham foram para: Lula (cinco), indecisos (dois), Bolsonaro (um), Ciro (um), Tebet (um) e nulos (um).

Quem ganhou mais com as renúncias de Moro e de Doria foi Lula, embora ambos sejam anti-lulistas. E foi Moro, com seus 8%, quem ajudou mais Lula a alcançar 54% dos votos válidos no primeiro turno.

Moro, que em 2018 impediu a vitória de Lula, em 2022 assegura a vitória de Lula.

O Datafolha mostra que 1) eleitores de Moro e de Doria tendem a optar por Lula, quando a outra opção é Bolsonaro; 2) o que prova que a ideologia dos candidatos não é o que pesa mais na escolha do eleitor e 3) ex-eleitores de Moro e de Doria rejeitam mais Bolsonaro que Lula. 

O mundo dá voltas.

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email