Exército vai fichar quantas pessoas?

A intervenção militar do exército já caiu no ridículo. A última patacoada é o flagra de soldados interrompendo o ir e vir de moradores de favelas da zona oeste, o que é evidentemente inconstitucional, e, qual num estado de sítio, fichando-os um a um

A intervenção militar do exército já caiu no ridículo. A última patacoada é o flagra de soldados interrompendo o ir e vir de moradores de favelas da zona oeste, o que é evidentemente inconstitucional, e, qual num estado de sítio, fichando-os um a um
A intervenção militar do exército já caiu no ridículo. A última patacoada é o flagra de soldados interrompendo o ir e vir de moradores de favelas da zona oeste, o que é evidentemente inconstitucional, e, qual num estado de sítio, fichando-os um a um (Foto: Miguel do Rosário)

A intervenção militar do exército já caiu no ridículo. A última patacoada é o flagra de soldados interrompendo o ir e vir de moradores de favelas da zona oeste, o que é evidentemente inconstitucional, e, qual num estado de sítio, fichando-os um a um.

Ora, milhões de cariocas e fluminenses vivem em comunidades e periferias consideradas violentas. O exército vai demorar mais de 20 anos se for fichar cada um.

É o uso de um tecnologia relativamente moderna (celular) para um método da idade da pedra. Olhem os soldados tentando comparar os moradores com algumas fotos impressas, como se fossem guardas de fronteira analisando o passaporte: com uma diferença, polícia de fronteira há muito tempo usa rastreamento automático de passaporte.

Conheça a TV 247

Mais de Blog

blog

Fome

A dor da fome é considerada uma das mais fortes e não existe qualquer mecanismo cerebral para aliviar a mesma (o que ocorre com outras dores crônicas)

Ao vivo na TV 247 Youtube 247