Fala de Lula infla o ufanismo histórico do pernambucano

"Se o nordestino é, antes de tudo um forte, o pernambucano é, acima de tudo, um imodesto. Aqui, tudo sempre foi 'maior' que noutras plagas. E para nós, nativos, nada de fora conseguirá sobrepujar o que existe em Pernambuco. Não é à toa que tudo o que surge no Estado é maior e mais completo. É o estado de Luiz Gonzaga, de Capiba, de Joaquim Nabuco. É o estado de Miguel Arraes. É o estado onde nasceu Luiz Inácio Lula da Silva. Não é mole, não", escreve Gilvandro Filho, membro do Jornalistas pela Democracia

Fala de Lula infla o ufanismo histórico do pernambucano
Fala de Lula infla o ufanismo histórico do pernambucano

Por Gilvandro Filho, para o Jornalistas pela DemocraciaSe o nordestino é, antes de tudo um forte, o pernambucano é, acima de tudo, um imodesto. Aqui, tudo sempre foi “maior” que noutras plagas. E para nós, nativos, nada de fora conseguirá sobrepujar o que existe em Pernambuco. Não é à toa que tudo o que surge no Estado é maior e mais completo. É o estado de Luiz Gonzaga, de Capiba, de Joaquim Nabuco. É o estado de Miguel Arraes. É o estado onde nasceu Luiz Inácio Lula da Silva. Não é mole, não.

Aqui está o maior bloco de carnaval do mundo, o Galo da Madrugada, que arrasta “2 milhões de foliões” pelas ruas do bairro de São José. Ninguém nunca parou para contar esse tsunami de gente, mas isso é de somenos importância. Recife teve a maior avenida em linha reta do Brasil, a Avenida Caxangá, com os seus 6,2 quilômetros de extensão. Teve, porque em 1990, uma avenida de Palmas, no Tocantins, com os seus 10,2 quilômetros de reta, nos levou o galardão. Humpff...

Pernambucana é a Feira de Caruaru, o maior comércio ao ar livre no mundo, cantada e verso e prosa por Gonzagão. Também em Caruaru, terra dos bonecos de barro, tem o Alto do Moura, batizado por aqui de “o maior centro de arte figurativa do mundo”. Tudo isso fica na “Capital do Forró”, título que que Caruaru teve que aceitar, pois o marketing de Campina Grande chegou primeiro e levou para lá o título, pernambucaníssimo, de “O maior São João do Mundo”. Paciência.

O pernambucano é o maior consumidor de uísque per capita do planeta, ranking confirmado pelo inglês Whisky Magazine. E se gaba de ter um museu, o Ricardo Brennand, que possui a “maior coleção de arma branca do mundo”. Armamentismo à parte, que por si é uma desgraça, mas é mais um título de grandeza da terra dos altos coqueiros. Contabilizado, pois.

(Conheça e apoie o projeto Jornalistas pela Democracia)

A maioria desses dados foi publicada no site do El País, em dezembro de 2017. Agora, o mesmo El País fornece combustível para inflar o balão de orgulho dos pernambucanos, com a entrevista histórica concedida por Lula ao seu correspondente, o jornalista Florestan Fernandes Junior, e à colunista Mônica Bérgamo, da Folha de S.Paulo.

Na entrevista, Lula afirmou ter a “teimosia dos pernambucanos”. E com isso sacolejou o ego da rapaziada da terrinha com o seu exemplo de vida e de luta. Disse: "Quem nasceu em Pernambuco e não morreu de fome até os cinco anos, não se curva mais a nada". E foi nessa teimosia que os pernambucanos surraram Jair Bolsonaro nas urnas, no segundo turno, com Fernando Haddad (PT) obtendo 66.5% dos votos contra 33,5% do adversário. Um resultado que lhes permite hoje, diante de tanto descalabro de um governo que envelheceu com apenas três meses, soltar um sonoro “Eu avisei! ”.

Na fala de Lula, estava dada a senha do comportamento do Leão do Norte, historicamente irredento e brabo feito uma capota choca. De tantas revoluções e passagens políticas importantes, como a história de vitórias da esquerda, nas quais Lula e Arraes são personagens fundamentais. E de tantos títulos duvidosos, mas saborosos. Alguns impagáveis.

Afinal de contas, é aqui no Estado que, pelo slogan criado nos anos 1940 pela Rádio Jornal do Commercio, está o garboso “Pernambuco falando para o mundo”. E onde os rios Capibaribe e Beberibe se juntam para formar o Oceano Atlântico.

Lula só podia ser pernambucano.

(Conheça e apoie o projeto Jornalistas pela Democracia)

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Ao vivo na TV 247 Youtube 247