Feliz quem seguiu os conselhos do salmo

Quando assisto aos depoimentos dos inquiridos pela CPI do Genocídio, e me lembro dos evangélicos que apoiaram o negacionismo, penso nos conselhos inspirados pelo salmo 1

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Por Ariovaldo Ramos

Quando assisto aos depoimentos dos inquiridos pela CPI do Genocídio, e me lembro dos evangélicos que apoiaram o negacionismo e, consequentemente, a estes que ora pedem proteção contra a verdade, penso nos conselhos inspirados pelo salmo 1:

Feliz é quem não segue os conselhos dos perversos: essa gente que sonega o direito; persegue o inocente; e, para quem, os fins justificam os meios.

PUBLICIDADE

Feliz é quem não relativiza o amar a Deus, acima de tudo, e o amar ao próximo, como a gente gosta de ser amado, como guia para toda a ação.

Feliz é quem sabe que toda a vida é sagrada, e a prioriza e preserva. 

Feliz é quem vive e anda com os que preservam o direito e toda a vida.

PUBLICIDADE

Feliz é o que está plantado na comunidade onde esse amor é o modo de viver, e a vida, então, flui como um rio, que o faz crescer como uma árvore sempre verdejante.

Feliz é o que gera o tempo de fazer o que tem de ser feito para que a justiça corra como um rio que nunca seca.

Feliz é o que se realiza na construção de uma sociedade livre, como deseja Deus.

PUBLICIDADE

Feliz é o que medita em como ser gente como gente deve ser: que medita em como viver a partir do amar a Deus acima de tudo, e do amar ao próximo como a gente gosta de ser amado.

Feliz é quem anda nesse caminho onde a maldade não tem lugar: porque esse é o caminho de Deus!

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE

Apoie o 247

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email