Imperdível: médica nos EUA faz toda semana resenha da live do show do Bozo

"No centro de um cenário mambembe, que lembra os vídeos dos terroristas islâmicos, ladeado sempre por um ministro e a tradutora de sinais, o presidente da República presta contas aos seus súditos e seguidores", escreve o jornalista Ricardo Kotscho

(Foto: Reprodução/Youtube)

Por Ricardo Kotscho, no Balaio do Kotscho e para o Jornalistas pela Democracia 

Cada vez menos gente que conheço e a própria imprensa estão dando atenção à live presidencial das quintas-feiras.

Mas tem uma médica brasileira nos Estados Unidos que não perde nenhum programa do Show do Bozo, como é chamado na intimidade.

No centro de um cenário mambembe, que lembra os vídeos dos terroristas islâmicos, ladeado sempre por um ministro e a tradutora de sinais, o presidente da República presta contas aos seus súditos e seguidores.

Nesta quinta-feira, ele estava de camiseta de grife, ao lado do general Heleno, cada vez mais curvado na cadeira, olhando para o vazio.

A tal médica, uma adorável figura meio exótica, é minha sobrinha Renata Kotscho Velloso, que há anos mora em São Francisco, na Califórnia, com o marido e as três filhas.

Toda quinta-feira, ela prepara um drinque caprichado e se posta diante do computador para acompanhar o impagável espetáculo de nonsense.

Transcreve suas falas como ditas no original e faz comentários entre parenteses.

Toda semana, ela publica uma alentada resenha no seu Facebook. Quem sabe, no futuro, ela possa editar um livro com os melhores (?) momentos de Jair Bolsonaro.

***

Abaixo, reproduzo na íntegra o texto dessa semana, respeitando a linguagem do ex-capitão, que Renatinha enviou por e-mail, a meu pedido, esta manhã. :

————

A live morta

“É do UOL issoaquê?”, pergunta Jair sem saber que a live já estava no ar. “Ô imprensa sem vergonha meudeusdocéu, é brincadeira, né?”

( e assim começa a nossa morta da semana, em que Jair atacou de cobra venenosa e pingou veneno pra cima de vários ex-aliados. Teve gente se descurtindo no Insta da direita, genthy).

Jair então lê a manchete do UOL: “Hospital que operou Bolsonaro após facada fica sem os dois milhões que ele prometeu”. “Não é que eu prometi e não cumpri. É que eu, eu não tive amparo na lei e ponto final…quer que eu arranje dois milhões agora?”(claro que não é obrigação de um presidente conhecer a lei antes de fazer promessas, imagina que absurdo!)

“No dia de ontem, o nosso Congresso Nacional derrubou o veto de um projeto (…) eu vetei um dispositivo que qualquer pessoa que criar um fake news ou retransmitir um fake news por ocasião das eleições ela pega uma cana de 2 a 8 anos (…)agora vamos comparar aqui, quem comete um homicídio simples pega de 6 a 20 anos… Então se eu, pá, matei um general aqui (foto) posso pegar 6 anos… Ou seja, um simples clique pode dar mais cana que um teco” (não é charmoso esse linguajar bandido do nosso presidente?).

(Jair deixa cair aquela gotinha de veneno do canto da boca.)”Eu não vou falar aqui porque eu não quero problema, e nem iria me rebaixar dessa forma também” (a gente sabe, Jair, que o seu uso das redes sociais é sempre trés-chic), mas vou dar uma dica. É um deputado que fala muito” (titia vai dar spoiler pra vocês: é o Kinzinho Catiguria, que andou inclusive trocando farpas finas com Dudu 03 no Twitter). Mas eu quero que vocês ai descubram quem é esse deputado, que questionem ele, que cobrem ele” (e que se possível que coloquem ele no pau de arara que é isso que se faz com nossos inimigos, talkei?)

“A questão das queimadas na Amazônia…”, começa o presidente em tom de tédio (é, Jair, essa lenga lenga de plantinha e indiozinho de novo). “Então o que chegou lá fora é que a floresta estava em chamas e acusaram a gente…bem, não é verdade, tá…O incêndio deste ano está abaixo da média dos últimos anos” (sempre se pode tentar torturar os dados, mas se compararmos com o ano passado, os incêndios esse ano cresceram 70%).

”Tínhamos uma reunião do G-7…tínhamos, não, porque não participamos.. uma reunião do G-7 em Paris (foi em Biarritz, Jair), e o Macron (diz Jair forçando um sotaque francês) aproveitou e fez um escarcéu lá,  né? Mas eu entrei em contato com vários chefes de Estado,falei com o Piñera, da Argentina” (do Chile, Jair), com o da Espanha, convrsei com o Trump também e com tantos outros. Ma ficou uma imagem do Brasil que não ficou bem, e não é fácil limpar uma imagem, né?” (olha, eu imagino que ter ofendido a primeira dama da França também não deve ter ajudado, mas posso estar errada).

“Agora fizemos uma reunião ótima com os governadores da região… Só um deles falou em dinheiro…naquela esmola oferecida pelo Macron… Agora o que fizeram com esse dinheiro até hoje? Me aponte um hectare plantado, me aponte uma ação positiva, nada… Grande parte desse dinheiro vai para ongueiro botar no bolso”. Aí  Jair tenta dar uma amenizada: “Tá, alguma coisa vai sim pra material de combate ao incêndio, essas coisas.  O problema não é desmatar, o problema é desmamar esse pessoal. E eu não vou usar essa minha caneta, a não ser que seja obrigado, pra demarcar mais áreas indígenas”.

General Heleno acorda, e complementa: “Tivemos denúncias de fraudes em várias demarcações…Então todas essas demarcações tem que ser objeto de revisão para verificar o que realmente corresponde a verdade” (a proposta, pelo que eu entendi, é fazer um revisionismo histórico, tipo aquele que diz que o golpe de 64 não foi golpe e que a ditadura não foi ditadura, para definir as áreas indígenas). .E Jair joga a real: ”Desde de 1991 eu defendo issaê na Câmara” (pois é, enganados, não fomos). Queremos liberar as terras para que os Índios possam explorar a agricultura, a pecuária e por que não? o garimpo… Queremos legalizar o garimpo”

Mas vamos falar de coisa boa. Pibão. “Cresceu 0.4% no segundo trimestre” (em centímetros, isso daria mais ou menos quanto? A pergunta é para o meu TCC…). “E a Indonésia acabou de abrir mercado para a nossa carne bovina… E também fechamos acordos com a Islândia, Suíça, Noruega e Liechtenstein…”

“Pior que isso, só Burkina Faso”, deixou escapar o general Heleno (pois é…).

“Ah, tem também o projeto do Moro” (engraçado como o Moro já virou uma entidade paralela dentro do governo, sabe aquele parente que a gente tem que aturar?). “E tem o nosso projeto também, da retaguarda jurídica, aquele que permite ao policial que cumpriu a missão ser condecorado e não processado”… aí ficam falando que esse projeto é carta branca pra matar… tem que falar pra esse idiota, pra esse imbecil, que é carta branca pro policial não morrer… o policial que defende sua vida”.

Então Jair discorre novamente sobre “o cunhado da Ana Hickman… Ele deu três tiros na cabeça do vagabundo, e isso é excesso? Brincadeira né…devia ter dado 30 tiros e ganho uma medalha de ouro… e se fosse 20 uma medalha de prata e 10 uma medalha de…(deu branco)…de bronze”… Mas, olhem, no final do ano, aguardem, tem aqueles indultos de Natal, né? Eu vou escolher alguns caras, que só foram presos por pressão da mídia…tem uns casos aqui que tem que ter coragem… eu eu vou usar a minha caneta, a minha caneta Compactor… Não é mais Bic porque Bic é francesa…e vou dar indulto pra quem merece”.

Sobre os vetos na lei de abuso de autoridade: “O Moro parece que sugeriu 9 vetos… Tem um pessoal aí dizendo que ou é veto total ou eu não voto mais em você…Ô, cara, se você não tem consciência da responsabilidade que eu tenho na minha caneta, não vote mesmo” (…)”Se tivesse o outro cara que concorreu comigo aqui, já tinha sancionado tudo issaê (…) Mas graças a Deus o Brasil mudou… Imagina se esse pessoal, o segundo, o terceiro, o quarto tivesse ganhado, como estaria o Brasil?”

“Mas hoje até o William Waack, pelamordedeus, até o William Waack, da Globo…” (Jair não está acreditando que é criticado até por WW, que foi saído da Globo faz tempo). ”Diz que eu estou acabando com a Lava Jato, e perguntando quem o Moro vai apoiar em 2022… Eu só quero deixar bem claro que o Moro não me apoiou” (é que a batata dele está assando, já entendemos) .Mas é assim, tem uma galerinha da Globo hehehehehe…um pessoal da Globo que está sempre me perseguindo né… Pô, as eleições já acabaram, já encheu o saco já… O Merval Pereira fez esses dias uma matéria me chamando de fake news Bolsonaro”… Pô, Merval, me chamar de mentiroso? Vai dar uma de Macron?… Merval Pereira que ganhou 375.000 para dar palestras?”

Jair então enumera outros jornalistas que receberam dinheiro em troca de palestras..”É triste né?… Agora esse pessoal fazia alguma crítica virulenta contra os presidentes da época” (lembram do PIG? Partido da Mídia Golpista?).”Pra esse pessoal da Globo poderia ter sido eleito qualquer um menos eu” (vocês juram que a Globo aderiu ao #elenão e eu não fiquei sabendo?).”Eu sou o grosso, mas a verdade é que estamos dando certo”… (atá).

“E no dia 7 de setembro vista a sua camisa verde e amarela” (eu acho que o preto-Fernando-Collor está voltando à moda)… que teremos o maior 7 de setembro da nossa história … Vamos saudar a nossa liberdade e a nossa democracia conquistada a muito suor, sacrifício e com muitas destruições de reputações, tá certo?” (será que vai rolar uma homenagem ao Brilhante Ustra no dia 7? Eu não duvido de mais nada).

E só mais um veneninho antes de encerrar: “Olha que na caixa preta do BNDES já começou a aparecer aquela galerinha que comprou avião com juros de 3-3.5% ao ano…que teta hein…que teta hein, Luciano Huck?… João Dória comprou também…amigão do Lula, da Dilma… Eu vejo o Dória falando… a minha bandeira jamais será vermelha…Brincadeira, né? Quando tava mamando lá, a bandeira era vermelha e com foiçaço e martelo ali, sem problema nenhum, né?”

“Iahuuuuuuu talkei?” (zurra o presidente encerrando a transmissão)

(E não deixam de lavar o pibão! Aproveitem os 500 talkeis do FGTS e comprem sabonete íntimo).

***

Bom final de semana a todos.

Vida que segue.

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Ao vivo na TV 247 Youtube 247