Inacreditável: mais de mil médicos assinam carta à CPI em apoio a Mayra Pinheiro

“Pasmem. A dra. Mayra Pinheiro, que enxergou um pênis na torre da Fiocruz, não está sozinha. Em carta aberta à CPI, 1.136 médicos lhe prestam apoio. Assim fica mais fácil entender por que perdemos tantas vidas neste quase um ano e meio de pandemia”, escreve Denise Assis, do Jornalistas pela Democracia

(Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News

Por Denise Assis, para o Jornalistas pela Democracia

Ao depor nesta terça-feira (25/05) na Comissão Parlamentar de Inquérito que apura irregularidades e omissões no tratamento à Covid-19, a secretária de Gestão do Trabalho do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro, deixou tontos o presidente da CPI, Omar Aziz e o relator, Renan Calheiros. Eles e todos os presentes ouviram um áudio exibido pelo vice-presidente da Comissão, Randolfe Rodrigues (Rede – AP), onde ela diz:

"Eles têm um pênis na porta da Fiocruz. Todos os tapetes das portas são a figura do Che Guevara, as salas são figurinhas do Lula Livre, Marielle Vive. É um órgão que tem um poder imenso, porque durante anos eles controlaram, através do movimento sanitarista, que foi todo construído pela esquerda, a saúde do país". diz a secretária no áudio que viralizou na internet.

PUBLICIDADE

O “pênis” a que a médica se refere, na verdade, foi uma réplica inflável da torre em estilo mourisco, do castelinho da Fiocruz, feita em comemoração aos 120 anos da instituição. A alegoria pode até ser classificada como “de gosto duvidoso”, mas está longe de ser o que a Dra. Mayra interpretou, numa linha de pensamento típica dos bolsonaristas. 

Sua fala soou tão absurda que Omar Aziz chegou a considerar que não tinha ouvido bem. Ouviu, sim. O que o presidente da Comissão ouviu foi mais um dos disparates que tomaram conta do país desde que ele foi parar nas mãos de Bolsonaro. Difícil acreditar que alguém que passou por uma universidade e se propôs a salvar vidas, possa emitir opiniões tão estapafúrdias. Pasmem. Ela não está sozinha. Em carta aberta endereçada à CPI, 1136 médicos lhe prestam apoio. Assim fica mais fácil entender por que perdemos tantas vidas neste quase um ano e meio de pandemia. E como dói. 

PUBLICIDADE

Confiram o documento:

PUBLICIDADE

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email