Inventa outra, Queiroz!

Colunista Alex Solnik, do Jornalistas pela Democracia, avalia que explicação de Fabricio Queiroz, pivô do bolsogate, de que a movimentação atípica em sua conta bancária se deve a seus negócios com automóveis "não tem pé nem cabeça"; "Seria melhor ter ficado calado a contar essa lorota, ainda mais numa entrevista ao SBT, que já definiu sua posição a favor de Bolsonaro ainda durante a campanha. Colunistas que vinham questionando o sumiço de Queiróz não vão se dar por satisfeitos. Não adianta apenas aparecer, era preciso aparecer e contar uma história minimamente plausível. Essa não resiste à menor análise. Não vai colar. Inventa outra, Queiroz", diz Solnik

Inventa outra, Queiroz!
Inventa outra, Queiroz!

Por Alex Solnik, do Jornalistas pela Democracia - Isso de que a movimentação atípica em sua conta bancária se deve a seus negócios com automóveis, que foi o que o ex-PM Fabrício Queiroz disse agora há pouco em entrevista exclusiva ao SBT, lembra muito a história do Renan Calheiros com venda de gado que ninguém sabia que ele tinha e de Eduardo Cunha com venda de carne enlatada para a África. Não tem pé nem cabeça.

O que está documentado e provado, portanto, até agora, é que ele recebeu em sua conta os salários de quem trabalhava no gabinete de Flávio Bolsonaro. É isso o que ele tem que contar: como e por que e por ordem de quem esses salários iam para a sua conta e o que ele fazia com eles. E também falta explicar porque ele foi demitido entre o primeiro e o segundo turnos depois de 34 anos de serviços prestados ao futuro presidente.

Seria melhor ter ficado calado a contar essa lorota, ainda mais numa entrevista ao SBT, que já definiu sua posição a favor de Bolsonaro ainda durante a campanha. Colunistas que vinham questionando o sumiço de Queiroz não vão se dar por satisfeitos. Não adianta apenas aparecer, era preciso aparecer e contar uma história minimamente plausível. Essa não resiste à menor análise. Não vai colar.

Inventa outra, Queiroz!

(Conheça e apoie o projeto Jornalistas pela Democracia)

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Brasil, Israel e os anões morais
Mauro Nadvorny

A árvore de Israel

Bibi dá indícios de quem gostaria de uma terceira eleição, afinal, ficou apenas seis votos distante de formar um governo. Poucos aqui acreditam que irá funcionar

Ao vivo na TV 247 Youtube 247