Itália fortalece antibolsonarismo e mobiliza Brasil contra fascismo

www.brasil247.com -
(Foto: Reprodução/Twitter)


Por César Fonseca 

Itália ensina Brasil enfrentar Bolsonaro nas ruas, repudiando seu fascismo a partir das experiências históricas dos italianos contra os fascistas.

O presidente brasileiro, durante reunião do G20, na qual sujou geral o nome do Brasil e foi repudiado, polarizou politicamente o debate na Europa e pode fragilizar a direita europeia que o apoia em face do evidente desastre neoliberal que ele representa no momento associado ao desequilíbrio ambiental contra o qual europeus se mobilizam em Glasgow, na Inglaterra.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O desatre político bolsonarista no continente europeu, com ampla repercussão global, reflete-se, por sua vez, em duas vertentes que se desenvolvem no Brail a partir de agora, tendo em vista sucessão presidencial de 2022. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Primeiro, fortalece terceira via que busca candidato para ser alternativa a Bolsonaro, que se revela ao mundo como persona non grata à  civilizacao e à  democracia, principalmente. 

A direita brasileira precisa de candidato palatavel capaz de substituir aquele que a representa e a inviabiliza nas relações geopolíticas internacionais, dado repúdio ao bolsonarismo fascista no mundo desenvolvido.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Segundo, a bancarrota política do titular do poder fascista tupiniquim obriga a elite que o apoia, por executar política macroeconômica neoliberal,  francamente antisocial e antiambientalista, aprofunda isolamento internacional brasileiro prejudicial aos interesses nacionais. 

Nesse sentido é  colocado em cena, como imperativo categórico, o desafio à direita para mudar a política econômica,  já que com a que está apoiando não consegue arregimentar base social estável para alcancar vitória eleitoral. 

O colapso neoliberal bolsonarista vira a própria expressao acabada do fascismo cuja essência são a violência e a estagnação econômica, com expansão do desemprego, que acelera exclusão e desigualdade social, fuga de capital, instabilidade cambial e consequente descontrole inflacionário crônico.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

BOLSONARO BOMBEIA LULA

Bolsonaro internacionalizou seu desgaste político e econômico que produz, como contrapolo, fortalecimento do seu maior adversário.

Lula exporá  seu prestígio internacional ao viajar aos países nos quais o prestígio de Bolsonaro vira cinza e fumaça toxica aos olhos dos principais líderes globais. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O reflexo desse desgaste bolsonarista sem volta deverá se dar na próxima mobilização da oposição em todo país prevista para dia 20. 

Está, portanto, em curso desdobramento político dialético que acelera desgaste do presidente que produz, por sua vez, revigoramento dos pregadores da terceira via que vê chegar o seu momentumm promissor. 

Com enfraquecimento político de Bolsonaro, que encabeça fascismo tupiniquim internacionalmente repudiado, a esquerda ficará diante do desafio de buscar seu fortalecimento por meio de sua unidade sem a qual dificilmente trunfaria. 

Bolsonaro, com sua performance política primitiva, desastrosa, emula a oposição a se unir para ganhar cacife eleitoral capaz inclusive de poder triunfar no primeiro turno, enquanto a direita nesse momento se mostra dividida, porque não tem candidato capaz de atrair bolsonarista descontente e descrente com o mito cuja popularidade está indo por água abaixo.

Bolsonaro, depois dessa derrota política na Europa, onde se discute rumos do neodesenvolvimento capitalista, depois do colapso neoliberal, responsavel pelo desastre climático, fez um belo trabalho para Lula.

Os fakenews, que sua equipe de fascistas produziu, para envolver Lula nos movimentos do narcotráfico, a fim de tentar mobilizar Washington contra ele, de modo a justificar sua prisão, levando-o para os Estados Unidos, como acontece com políticos venezuelanos, é uma fantasia sem pé nem cabeça. 

Apenas revela desespero estratégico de alguém no qual ninguém mais acredita e que caiu em desgraça por ausência total de credibilidade política. 

Quanto mais Bolsonaro ficar na Europa, mentindo adoidado, melhor para Lula, fortalecendo união da oposição  em torna da candidatura lulista.

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email