Já estamos no segundo turno

"A campanha pelo voto útil está a todo vapor e deverá pegar fogo na última semana deste mês", analisa Alex Solnik

www.brasil247.com -
(Foto: Alan Santos/PR | Ricardo Stuckert/PT)


Há meses, segundo as pesquisas, dois candidatos estão nos dois primeiros lugares. O segundo colocado tem quatro vezes mais intenções de voto que o terceiro.

Apenas dois candidatos, o primeiro e o segundo colocado fazem campanha em todo o país, participam de grandes comícios, mobilizam grande massa de brasileiros.

Os demais fazem “caminhadas”. 

Apenas dois candidatos conseguiram reunir vários partidos em suas alianças.

Os outros formam o “bloco do eu sozinho” no caso de Ciro, o terceiro. Simone se aliou ao PSDB, mas não se vê um só tucano fazendo ou ajudando na sua campanha.

Lula, o primeiro colocado, já está falando há um bom tempo em se eleger no primeiro turno. Lidera a corrida desde o início das pesquisas, suas intenções de voto, que oscilam entre 44% e 48%, se aproximam dos mais de 50% votos válidos.

A campanha pelo voto útil está a todo vapor e deverá pegar fogo na última semana deste mês.

Apesar de não sair da faixa dos 30% e dos 51% de rejeição, um recorde negativo nas reeleições presidenciais, Bolsonaro falou ontem, pela primeira vez, em ganhar no primeiro turno. 

Claro que é mais uma bravata sem base na realidade, mas é sinal de que sua campanha já se deu conta de que o eleitor pretende resolver a parada no dia 2 de outubro.  

Se a disputa é entre Lula e Bolsonaro, seja no primeiro, seja no segundo turno, e mais de 70% do eleitorado já decidiu em quem votar, por que adiar a decisão?

Já estamos no segundo turno. 

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247