Juntos e separados

Não fosse pela pandemia e o distanciamento preventivo, a população já teria dado o veredicto final e o fascista estaria com o rabo entre as pernas. E, tantos os signatários do Manifesto quanto aqueles que assinaram, estariam, historicamente, em lados opostos nas urnas

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

O Manifesto ‘Juntos’ não cria partido político, não lança candidato, não insere artigo na Constituição. A polêmica em torno do manifesto se dá pela divulgação dos patrocinadores, bilionários que nunca estiveram ao lado dos interesses populares.

Foram eles que pagaram o jantar e escolheram o cardápio, mas quem assinou o manifesto não entregou o número do título de eleitor nas mãos dos anfitriões.

O cerne da discussão é a luta contra o fascista que ocupa a presidência da república e vem cometendo diversos crimes de responsabilidade e crimes comuns.

Essa luta não é só política, não está no campo democrático como estamos acostumados.

O Presidente da Câmara dos deputados, Rodrigo Maia, tem dado pistas de que pode abrir a gaveta e colocar em cima da mesa um, das dezenas de pedidos de impeachments apresentados.

O cerco se fecha, tanto para o governo quanto para a oposição. Bolsonaro, acuado, corre para implementar o golpe militar, essencial para a sua sobrevivência;

A oposição corre em acelerar o inquérito das Fakes News que pode cassar a chapa Bolsonaro/Mourão, o que incidiria em novas eleições ainda este ano.

Não fosse pela pandemia e o distanciamento preventivo, a população já teria dado o veredicto final e o fascista estaria com o rabo entre as pernas.

E, tantos os signatários do Manifesto quanto aqueles que assinaram, estariam, historicamente, em lados opostos nas urnas.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email