Lula inocente! Lula livre! Lula Presidente!

Ter uma estratégia clara e objetiva é o que nos permite acumular força para ter o Lula como candidato e pensar os próximos passos no momento devido. Temos uma campanha em curso. Nosso candidato é um preso político. Vamos acumular ao máximo com isso

lula
lula (Foto: Daniel Samam)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

A prisão de Lula foi uma espécie de "bala de prata" do golpe em curso contra o povo brasileiro. Em nome do combate à corrupção, criminalizaram todo o sistema político, mas focam primordialmente na destruição do PT e do campo popular.

O cárcere cumpre o papel de tirar a única peça que desestabiliza e se contrapõe aos planos do consórcio golpista da disputa política. Em suma, significa o Judiciário em conluio com a Rede Globo e o Capital financeiro fraudarem antecipadamente as eleições de 2018.

O fato de Lula ser um preso político nos desafia a ampliar nossa capacidade de organização, luta e resistência. Não haverá saída individual, camaradas. Sendo assim, urge a necessidade de se construir uma Frente Única contra o fascismo, pela liberdade do Presidente Lula e pela redemocratização do Brasil.
O que fazer?

Primeiro, soltá-lo. Depois, a saída é acabar com a Lei da Ficha Limpa. Mas tenhamos clareza que não haverá uma solução individual. Se julgarem a ADC (Ação Direta de Constitucionalidade) favorável, dá pra entrar na sequência com uma ADin (Ação Direta de Inconstitucionalidade) contra a Lei da Ficha Limpa e uma reclamação no STF quando o registro da candidatura de Lula for indeferida.

Manter Lula candidato é a melhor estratégia para denunciar sua prisão injusta e ilegal, mas também para aglutinar e mobilizar diversos setores da sociedade brasileira. Não se trata de ignorar a conjuntura, como já pensam alguns. Pelo contrário. A reafirmação da candidatura de Lula é o eixo central. Qualquer discussão que não seja essa, dispersa e confunde.

Ter uma estratégia clara e objetiva é o que nos permite acumular força para ter o Lula como candidato e pensar os próximos passos no momento devido. Temos uma campanha em curso. Nosso candidato é um preso político. Vamos acumular ao máximo com isso.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247