Lula não ganhou, mas também não perdeu

"Ao pedir vista do HC de Lula, quando o placar estava dois a zero contra, Gilmar Mendes jogou a favor de Lula. Fez o que a defesa do ex-presidente queria, pleito que tinha acolhido na votação que antecedeu a principal: adiar o julgamento até que fosse votado o novo habeas corpus pelo plenário do STF apresentado ontem pela defesa", avalia o colunista Alex Solnik sobre o julgamento da 2ª Turma do STF; "Agora, Gilmar deverá guardar seu voto na gaveta até que o plenário se manifeste a respeito do novo HC. É possível que nessa nova apreciação seja analisada, de alguma forma, a prisão domiciliar do ex-presidente. Lula não ganhou, mas também não perdeu"

Lula não ganhou, mas também não perdeu
Lula não ganhou, mas também não perdeu

Para o Jornalistas pela Democracia - Ao pedir vista do HC de Lula, quando o placar estava dois a zero contra, Gilmar Mendes jogou a favor de Lula. Fez o que a defesa do ex-presidente queria, pleito que tinha acolhido na votação que antecedeu a principal: adiar o julgamento até que fosse votado o novo habeas corpus pelo plenário do STF apresentado ontem pela defesa.

   Estava mais ou menos claro que Lula seria derrotado hoje porque uma das turmas jamais revogou decisão do pleno. E o pleno já tinha rejeitado um HC de Lula.

   Agora, Gilmar deverá guardar seu voto na gaveta até que o plenário se manifeste a respeito do novo HC.

   É possível que nessa nova apreciação seja analisada, de alguma forma, a prisão domiciliar do ex-presidente.

   Lula não ganhou, mas também não perdeu.

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Florestan Fernandes jr

No pasarán!

Se os democratas não se mobilizarem em defesa do Estado Democrático de Direito, "o Brasil será transformado num pária no mundo", escreve Florestan Fernandes Jr., do Jornalistas pela Democracia....

Ao vivo na TV 247 Youtube 247