Lula no país da desigualdade

www.brasil247.com - Lula
Lula (Foto: Reprodução/Youtube)


Estamos vivendo um momento social disforme. A sociedade está segmentada e um desses segmentos é o da “sociedade do voto". O presidencialismo está em sua pior fase: a fase do neonazismo teocrático.

A vida brasileira está apática, e o futuro só poderá ser mudado (se você eleitor) e leitor efetuar a mudança em nível de escolarização e conhecimento: despachando a desigualdade e o mau-caratismo palaciano.

Foi dito que cada brasileiro é apenas um “título de eleitor”. Isso é um acinte, que de forma descarada demonstra que retrocedemos 30 anos em 3 anos. Em 2019 entramos em um modus operandi assistemático e trevoso: ruíram órgãos como o Ministério do Trabalho, e o desrespeito aos funcionários públicos chegou às raias da desumanidade: em nível municipal, estadual e federal através das “reformas guedais".

Desigualdade é o mote. E quem desafia este estado medíocre e miliciano é fuzilado pela desinformação em Rede. Claro que há milhões de indivíduos que ainda pensam, e por isso refletem.

O restante está preso em bolhas que adestram seu gado batendo com o chicote das Fake News. Meu leitor! leia a proposta de ideia legislativa abaixo e reflita sobre seu papel de cidadão lúcido sobre às questões democráticas que vão além dos muros da representatividade; somos livres naquilo que nos restou da soberania. Por isso escolha as melhores “ideias". Eu escrevi algumas, como por exemplo a descrita a seguir e já foi pré-aprovada  pelo Senado:

A ideia legislativa que sugere a substituição do termo "idoso" pelo termo "experiente" já faz parte da etimologia do primeiro termo: que significa "ser velho" e isso psicologicamente ocasiona reducionismo e ageísmo causando sombras para mentes que já desfrutam (em sua maioria) de baixa autoestima.

A psicopedagogia nos aponta estratégias terapêuticas no entendimento científico das fases cognitivas dos seres humanos: do berço ao túmulo, porém levando em consideração o senso comum dentro da sociedade nacional, em um Brasil com 11 milhões de analfabetos: um projeto de lei dessa monta pode dirimir o efeito secular da patológica colonialidade sul americana, saindo da bolha científica.

Senhor Bial: Lula é atemporal!

Quanto a representatividade: não deixe o antipetismo vendar seus olhos; a única estrela que poderá reacender a chama da igualdade nacional será a estrela Lula.

#valreiterjornalismohistórico

#247VANGUARDA 

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247