Lula, o político que contraria Lógica

O ponto central é, Lula foi o político com mais horas de noticiários negativos, tentando assassinar o seu carácter e biografia política de todas as formas, e mesmo assim não conseguem aniquilar o capital político de Lula da Silva. Devemos nos perguntar, qual político resistiu ao tamanho ataque mediático que Lula tem sofrido desde 2005?

Lula, o político que contraria Lógica
Lula, o político que contraria Lógica (Foto: Stuckert)

A ter em vista os resultados das últimas pesquisas eleitorais, é possível constatar que o ex-presidente Lula da Silva anda na contramão de toda a lógica das ciências políticas. Isso parece-nos óbvio, mas acredito que é sempre bom “sacudirmos as evidências”. Pois será muito interessante observar futuramente como os cientistas políticos e os historiadores irão descrever a trajetória dessa personagem importante da história recente do Brasil.

Gostaria de sinalizar um primeiro ponto, e talvez o mais intrigante, que é o fato de Lula estar preso em Curitiba e as suas intenções de voto continuarem a subir. Podemos analisar um caso concreto, mas que caminha no sentido contrário de Lula. Por exemplo, um ex-candidato à presidência da república na última eleição foi flagrado em gravações telefónicas com conversas muito suspeitas – para não dizer outra coisa – consequências práticas, hoje ele irá concorrer para uma vaga de deputado federal, visto que para Senado levaria uma lavada da Mulher que ele golpeou. Poderia enumerar imensos casos similares ao senador mineiro dentro do espectro político brasileiro e internacional, em muitos deles as denúncias não tinham qualquer procedência, mas tinham o objetivo específico de assassinar o carácter. De um modo geral, políticos de renome e importância nacional que passaram por situação semelhante jamais conseguiram recuperar os seus votos ou o cargo que ocupavam. E é nesse sentido que o ex-presidente contraria toda lógica da política tradicional, pois consegue ter quase o dobro das intenções de votos de todos os outros candidatos da presidência da república, mesmo estando preso e censurado pela “república de Curitiba”. 

Quando referi acerca dos assassinatos de carácter, tacitamente estava a falar da denominada grande mídia ou imprensa - a tal formadora da opinião pública. Pois é ela quem opera a fim de defender os interesses das elites, como manipular debates para favorecer um candidato, gastar horas dos seus telejornais a divulgar conteúdos negativos dos seus “inimigos”, ajuda a fomentar uma atmosfera psicológica e política para propiciar o golpismo, entre outras tantas formas de operação. O ponto central é, Lula foi o político com mais horas de noticiários negativos, tentando assassinar o seu carácter e biografia política de todas as formas, e mesmo assim não conseguem aniquilar o capital político de Lula da Silva. Devemos nos perguntar, qual político resistiu ao tamanho ataque mediático que Lula tem sofrido desde 2005?

Poderia falar sobre a “justiça” e as instituições brasileiras, todavia necessitaria de um espaço específico para isso, pois elas agem na “sombra” a fim de defender os interesses das elites brasileiras.

Antes de finalizar gostava de salientar que fui e continuo a ser um crítico do lulismo, principalmente por não acreditar na conciliação de classe e nas instituições “democráticas”. Mas isso não me tira o fascínio de perceber que uma figura como ele contraria toda a lógica tradicional. Perfazendo, penso que isso é um sinal claro para que o PT acredite mais no povo e no poder popular do que nas instituições burguesas, pois foram elas que prenderam o seu candidato e hoje fazem e farão de tudo para impedir que ele concorra.

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Brasília - Supremo Tribunal Federal, julga pedido de habeas corpus do ex-presidente Lula (José Cruzr/Agência Brasil)
blog

Dart é Dodge

Me permita, Madame... Madame Dodge é lamentável, porque afronta o Direito e humilha a hipocrisia. Dart é Dodge e sempre foi e será um dos instrumentos do Estado a garantir o golpe de terceiro mundo...

Ao vivo na TV 247 Youtube 247