Mais canalhices dos vendilhões

(Foto: Felipe Gonçalves/Brasil 247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

O The Intercept Brasil, a Folha e Reinaldo Azevedo escancararam que Moro e os Procuradores de Curitiba corromperam a lei penal, mentiram e manipularam os meios de comunicação para denunciar, processar e condenar Lula (há enorme evidência de que os desembargadores do TRF 4 são ‘farinha do mesmo saco’).

Bem, esses canalhas criminalizaram a democracia popular, condenaram Lula, o tornaram inelegível e o encarceram.  

Esses fatos determinaram a vitória de Bolsonaro, reinstalaram o liberalismo no Planalto, lançando o país num vale de sombras que flerta com o fascismo e tentam normalizar o mal.  

Prometiam acabar com a corrupção. Mentiram, pois corrupção é estrutural e sistêmica, ela deve ser combatida diariamente pelas polícias e pelo MP, pelo legislativo e por seus órgãos de controle externo, com a imprensa a informar responsavelmente os cidadãos, sem transformar em espetáculo a tragédia que a corrupção representa.   

Guedes deveria ser processado pelo “posto Ipiranga”, pois sua incompetência macula a imagem e os bons serviços prestados pela citada rede de serviços.

Moro é a própria incompetência, além de ser potencialmente um criminoso.

Bolsonaro é um estupido, ignorante, machista, misógino, preconceituoso e, em tese, criminoso, pois faz apologia da ditadura e de vários crimes.

Bem, depois da confusão institucional criminosa - patrocinada pelos canalhinhas de Curitiba - e às vésperas da anulação de sentenças, inclusive da sentença de Lula, de forma inédita pedem a progressão da pena para Lula, querem que o regime fechado seja convolado em um regime “mais benéfico” a Lula.

Isso mesmo, os inquisidores, depois de fraudarem a lei e o processo, querem que Lula saia da prisão, querem o controle da vida, da sorte e da honra de Lula.

Bem, além do ineditismo, que não tenho como corriqueiro, de o MP requerer a progressão da pena, também merece registro que esse movimento revela o desejo que os procuradores de Curitiba seguirem manipulando politicamente atos e fatos que tenham relevância e repercussão política, especialmente em relação a Lula.

Esses senhores e senhoras, todos bem nascidos como aquela jornalista, cujo nome não se deve pronunciar, não gostam de povo, gostam apenas de cheirosinhos e cheirosinhas como eles que saem do ar condicionado do carro da mamãe, para o ar condicionado de seus gabinetes, tudo pago pelo povo evidentemente, o mesmo povo que os incomoda, por quem eles tem desprezo e que não precisa ser consultado, afinal eles sentem-se ungidos, escolhidos e abençoados, mas são apenas vendilhões.

Mas serão julgados pela História e, por certo, já estão condenados por suas consciências, pois eles sabem o que fizeram e porque fizeram.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email