Mais uma canalhice

"Não celebrem a decisão de Dias Toffoli. Sua permissão a que Lula compareça ao velório do irmão é um acinte, um teatro", critica o jornalista Breno Altman; "O habeas corpus permite que o ex-presidente se encontre com os familiares dentro de uma unidade militar, dentro de um quartel das forças armadas na região sudeste. A decisão foi publicada quando o irmão de Lula já tinha sido enterrado. Não apenas é uma canalhice, como releva a tutela militar sobre o Estado policial que vai sendo construído"

Mais uma canalhice
Mais uma canalhice (Foto: Ricardo Stuckert)

Não celebrem a decisão de Dias Toffoli. Sua permissão a que Lula compareça ao velório do irmão é um acinte, um teatro.

O habeas corpus permite que o ex-presidente se encontre com os familiares dentro de uma unidade militar, dentro de um quartel das forças armadas na região sudeste.

A decisão foi publicada quando o irmão de Lula já tinha sido enterrado.

E somente aceitaria que estivesse presente no velório se o corpo fosse levado a essa mesma unidade militar.

Não apenas é uma canalhice, como releva a tutela militar sobre o Estado policial que vai sendo construído.

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Ao vivo na TV 247 Youtube 247