Mas o que são os direitos humanos?

O Brasil passa por um período de opressão e tirania, mal disfarçado por uma Constituição esfarrapada e cujo maior exemplo é a condenação sem provas e a prisão ilegal de Lula, o maior líder popular do país. Uma clara arbitrariedade judicial e política que viola diretamente os artigos VII, VIII, IX, X e XI da Declaração dos Direitos Humanos

Mas o que são os direitos humanos?
Mas o que são os direitos humanos? (Foto: RICARDO STUCKERT)

A Declaração Universal dos Direitos Humanos foi aprovada pela ONU em 10 de dezembro de 1948, apenas três anos após a fim da barbárie fascista da Segunda Guerra Mundial, quando milhões de pessoas foram exterminadas em campos de concentração ou eliminadas por bombas atômicas.

Mas o que são os direitos humanos? São aqueles direitos que nascem com a pessoa, independente de raça, sexo, religião, condição social ou nacionalidade. Segundo entende a Carta da ONU, esse é um "ideal comum a ser atingido por todos os povos".

Infelizmente nem as revelações impactantes da Segunda Guerra Mundial nem as boas intenções dos representantes daqueles 58 países que assinaram a Declaração em 1948, foram suficientes para impedir completamente as violações dos direitos humanos em todos os campos sobre os quais incidem.

Continuaram as guerras, a fome, o trabalho escravo, o racismo, a discriminação de gênero e condição social, a intolerância religiosa, as perseguições políticas, as prisões arbitrárias. Ditaduras abertas ou disfarçadas anularam e anulam a liberdade e a democracia. Agravou-se a ameaça ao clima e meio ambiente, dos quais a humanidade depende para viver.

Ressurgem movimentos de extrema-direita, como o representado por Bolsonaro, eleito presidente em eleições mutiladas no seu caráter democrático, que negam a ONU, os direitos humanos e a segurança climática e ambiental. Como os nazistas, que colocavam a raça acima dos direitos humanos, também nossos fascistas defendem "direitos humanos" apenas para o que chamam "humanos direitos", ou seja, quem faz parte das elites brancas e privilegiadas da sociedade brasileira.

O Brasil passa por um período de opressão e tirania, mal disfarçado por uma Constituição esfarrapada e cujo maior exemplo é a condenação sem provas e a prisão ilegal de Lula, o maior líder popular do país. Uma clara arbitrariedade judicial e política que viola diretamente os artigos VII, VIII, IX, X e XI da Declaração dos Direitos Humanos.

Para a humanidade, especialmente seus segmentos discriminados e socialmente excluídos, não resta outra caminho senão aquele já aberto pela ONU em 1948: o da defesa dos direitos humanos.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247