Militar pode ser porta-voz de governo civil?

O jornalista Alex Solnik comenta o anúncio de que o porta-voz do governo será o general Otávio Santana do Rego Barros, ex-chefe de Comunicação Social do Exército; "o porta-voz é o representante do governo e até prova em contrário – e de acordo com a constituição – o governo é civil", considera; "ou o general Rego Barros tira a farda – passando para a reserva – ou o governo assume que é militar", aponta Solnik

Militar pode ser porta-voz de governo civil?
Militar pode ser porta-voz de governo civil? (Foto: Exército Brasileiro | ABr)

Por Alex Solnik, colunista do 247 e integrante do Jornalistas pela Democracia

O anúncio de que o porta-voz do governo será o general Otávio Santana do Rego Barros, ex-chefe de Comunicação Social do Exército e que ele não vai passar para a reserva ao assumir o posto traz à baila a seguinte questão: o porta-voz é o representante do governo e até prova em contrário – e de acordo com a constituição – o governo é civil.

Não vai soar esquisito um general da ativa representar um governo civil?

Nem na ditadura militar porta-vozes do governo eram militares.

Ou o general Rego Barros tira a farda – passando para a reserva – ou o governo assume que é militar.

(Conheça e apoie o projeto Jornalistas pela Democracia)

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Ao vivo na TV 247 Youtube 247