Moro pariu o fascismo

"Ainda é muito cedo para dizer se Moro conseguirá se segurar no cargo ou não. Mas seu legado já é cristalino: destruição econômica, demolição da democracia e ascensão do fascismo. Este foi seu parto", diz o jornalista Leonardo Attuch, editor do 247

(Foto: Marcelo Camargo - ABR)

O ex-juiz Sérgio Moro diz em seu Twitter que a montanha da Folha e do Intercept pariu um rato. Se a sua avaliação é correta ou não, saberemos nos próximos dias. Mas um fato incontestável é que Moro pariu Bolsonaro - aliás, a que figura da fauna o bolsonarismo seria comparável?

Na sua manchete deste domingo, o jornal Estado de S. Paulo informa que os brasileiros ficaram 16% mais pobres nos últimos cinco anos, ou seja, no período da Lava Jato. Outra reportagem noticia que nove de dezesseis construtoras nacionais investigadas quebraram.

Foi esse ambiente de devastação econômica que permitiu a ascensão de um governo de extrema-direita que envergonha o Brasil aos olhos do mundo. Nossa dita ‘elite’ finge que tudo vai bem porque Rodrigo Maia é quem manda e Bolsonaro seria uma rainha da Inglaterra.

Ainda é muito cedo para dizer se Moro conseguirá se segurar no cargo ou não. Mas seu legado já é cristalino: destruição econômica, demolição da democracia e ascensão do fascismo. Este foi seu parto.

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Ao vivo na TV 247 Youtube 247