Nada está tão ruim que não possa piorar

Miguel Paiva escreve: "O governo Bolsonaro, esse pacote de surpresas diárias que nos deixa a pergunta que não quer calar. Onde estavam essas pessoas todos nos anos passados?"

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Por Miguel Paiva

É isso.  Quando você acha que não existe mais lugar no mundo para certos pensamentos e certas pessoas vem o governo Bolsonaro e te desmente. Coloca, por exemplo para ser ministro da educação um pastor a favor da violência educacional para crianças. Além disso ele defende o feminicídio como uma manifestação da paixão. defende também apagar correndo essas postagens agora que virou ministro do stablishment. Muita gente do stablishment não só faz vista grossa como também apoia esse tipo de pensamento.

Quando voc6e acha que não tem mais lugar no mundo para quem apoia a destruição do meio- ambiente, as queimadas, o desmatamento, o descaso com as populações indígenas vem um ministro do governo Bolsonaro e te desmente. Lá está o Salles, altivo e confiante enquanto até os empresários do setor pedem a sua cabeça. Mas a cabeça resiste . Quando pensávamos que não haveria mais espaço para pensamentos nazistas na nossa cultura vem um secretário e faz um discurso que prega o ódio e o segregacionismo nas artes para um bem maior e superior. A pessoa que o substituiu só aumento nosso espanto ao achar que não haveria mais espaço para tamanhas sandices e cegueiras em relação à nossa cultura. Ambos caíram por força da pressão e por incapacidade de se manterem de pé. Aí, achamos que depois do Weintraub não haveria mais espaço para pessoas totalmente avessas à educação, mas veio um ministro vaidoso e cheio de falsidades para provar que não. Ainda tem espaço para nos surpreender.

Aí, achamos que não havia mais espaço para lidar com a pandemia planetária do jeito que o Brasil vinha lidando e, pasmem, havia sim. estamos flutuando nesse mar de morte e ignorância alimentados por um presidente que finge estar contaminado para poder vender seu remédio preferido e com isso nos espantamos mais um pouco enquanto passamos dos 70 mil mortos. Esse número muda na mesma medida em que não acreditamos que essas mortes possam aumentar. Aumentam, sim. Somos surpreendidos a cada dia com essas novidades antigas que achávamos que estavam superadas e enterradas. Quem seria capaz de ressuscitar o AI-5, a ditadura, a tortura, o tratamento segregacionista com índios, negros , mulheres,. LGBTs e pobres? Difícil de se acreditar mas fácil de se responder.

O governo Bolsonaro, esse pacote de surpresas diárias que nos deixa a pergunta que não quer calar. Onde estavam essas pessoas todos nos anos passados? Onde estavam esses eleitores que continuam a achar que este é o caminho? Onde estávamos nós que deixamos isso acontecer e não paramos para pensar qual o caminho político capaz de evitar tamanha monstruosidade.

Quando achávamos que não havia mais saída eis que pode ser que haja. Vamos parar para pensar nos absurdos que permitimos acontecer e porque eles aconteceram.

Eu suponho uma resposta mas precisamos ouvir todas. Não dá mais para viver esperando um novo absurdo acontecer.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email