Não adianta prender Lula, tem que prender seus eleitores

"É claro que a Folha tem todo o direito de publicar a manchete que bem entender com base na pesquisa do Datafolha, que é da mesma empresa, mas a escolha por 'Preso, Lula perde votos' foi uma forma que o jornal encontrou de confundir seus leitores e falsear a realidade", avalia o jornalista Alex Solnik; "A pesquisa manda três recados para Moro, TRF-4, STF e detratores de Lula: 1) os brasileiros não acreditam que Lula tenha cometido crime; 2) Lula, preso, é mais presidente que os outros soltos e 3) não adianta prender Lula para impedi-lo de ser o próximo presidente, tem que prender seus eleitores", diz ele

"É claro que a Folha tem todo o direito de publicar a manchete que bem entender com base na pesquisa do Datafolha, que é da mesma empresa, mas a escolha por 'Preso, Lula perde votos' foi uma forma que o jornal encontrou de confundir seus leitores e falsear a realidade", avalia o jornalista Alex Solnik; "A pesquisa manda três recados para Moro, TRF-4, STF e detratores de Lula: 1) os brasileiros não acreditam que Lula tenha cometido crime; 2) Lula, preso, é mais presidente que os outros soltos e 3) não adianta prender Lula para impedi-lo de ser o próximo presidente, tem que prender seus eleitores", diz ele
"É claro que a Folha tem todo o direito de publicar a manchete que bem entender com base na pesquisa do Datafolha, que é da mesma empresa, mas a escolha por 'Preso, Lula perde votos' foi uma forma que o jornal encontrou de confundir seus leitores e falsear a realidade", avalia o jornalista Alex Solnik; "A pesquisa manda três recados para Moro, TRF-4, STF e detratores de Lula: 1) os brasileiros não acreditam que Lula tenha cometido crime; 2) Lula, preso, é mais presidente que os outros soltos e 3) não adianta prender Lula para impedi-lo de ser o próximo presidente, tem que prender seus eleitores", diz ele (Foto: Alex Solnik)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

É claro que a Folha tem todo o direito de publicar a manchete que bem entender com base na pesquisa do Datafolha, que é da mesma empresa, mas a escolha por "Preso, Lula perde votos" foi uma forma que o jornal encontrou de confundir seus leitores e falsear a realidade.

O fato é que, depois da prisão, Lula caiu de 37% para 31%, mas ainda assim tem o dobro das intenções de voto dos segundos colocados, sejam Bolsonaro (15%) ou Marina (16%).

Ou seja, ninguém é páreo para Lula mesmo preso.

Mais surpreendente ainda é que sem Lula na eleição nenhum candidato assume o primeiro lugar, que passa a ser ocupado por "nulos, brancos e não sei" (26%).

E, até onde se sabe, "nulos, brancos e não sei" não podem governar o país.

As manchetes mais verazes seriam: "Preso, Lula continua em primeiro", "Preso, Lula tem o dobro das intenções de voto", "Preso, ninguém ganha de Lula", "Preso, ninguém é páreo para Lula".

A pesquisa manda três recados para Moro, TRF-4, STF e detratores de Lula: 1) os brasileiros não acreditam que Lula tenha cometido crime; 2) Lula, preso, é mais presidente que os outros soltos e 3) não adianta prender Lula para impedi-lo de ser o próximo presidente, tem que prender seus eleitores.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247