O golpe do mordomo

O mordomo de filme de terror reúne cozinheiros, jardineiros, faxineiros, motoristas, guardas, copeiras, lavadeiras e demais funcionários no porão do palácio e anuncia seu plano:

- Amigos, vamos dar o fora do palácio! Vamos abandonar a nossa patroa!

- Mas por que? –pergunta um deles. - Há seis anos ela tem sido legal com a gente, há seis anos ela nos dá casa, comida e roupa lavada. Não lhe devemos gratidão?

- É, mas agora não dá mais. Ela caiu na boca do povo por causa das pedaladas fiscais! Isso é incompatível com a minha, quero dizer, com a nossa formação moral!

- O senhor pedalou junto com ela – argumenta outro – todos viram vocês pedalando juntos nos jardins do palácio. Isso não é motivo.

- Ouço dizer que vizinhos poderosos estão a ponto de tomar o palácio dela! - diz o mordomo.

- Por isso mesmo devemos protegê-la, - retrucou o chefe da guarda. Somos seus fiéis escudeiros!

- Nada disso, seu idiota! Antes que outros tomem o palácio dela, vamos tomá-lo nós mesmos.

- E qual é o plano, chefe?

- O plano é o seguinte: vocês todos caem fora imediatamente. Sem cozinheiros, faxineiros, jardineiros, guardas etc etc ela se sentirá perdida e renunciará!

- Nós caímos fora? E o senhor?

- Não se preocupem comigo. Eu vou continuar aqui recebendo meu salário, minha roupa lavada, minha comida...

- Mas como, se não estaremos mais aqui?

- Vou contratar serviços terceirizados.

- Quer dizer que o senhor vai continuar usando o palácio dela, e nós ficaremos no relento?

- Vocês são muito espertos. Hão de arranjar outro serviço nas redondezas enquanto a casa dela não cai. E, quando ela finalmente sair daqui eu os chamarei de volta, entenderam? E então teremos todo o palácio somente para nós! E estaremos livres para fazer tudo o que quisermos.

- Mas tem uma coisa, chefe! Ela não está nesse palácio por acaso. Quem a colocou aqui foi o povo, que a elegeu para tomar conta dele, por quatro anos. E ainda faltam dois! O povo não vai gostar! Poderemos ser execrados.

- Não seja ingênuo - finaliza o mordomo. – A Globo, a Folha e a Veja vão convencer o povo de que ela é que não presta. Tá tudo combinado.

Conheça a TV 247

Mais de Blog

blog

Jair no divã de Freud

O cartunista Miguel Paiva encena uma improvável ida de Bolsonaro a um divã de psicanalista - e, nada mais nada menos, que ao maior dos psicanalistas, Sigmund Freud: "Freud - O senhor está sendo...

Ao vivo na TV 247 Youtube 247