O jovem Renan Calheiros está de volta ou é nuvem passageira?

Renan Calheiros está ocupando o espaço que seria das esquerdas. Tomou pra si o discurso em defesa da população e com isso provavelmente vai conseguir reduzir o seu elevado índice de rejeição, especialmente entre os alagoanos jovens e os formadores de opinião

Presidente do Senado Federal, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), concede entrevista. Foto: Jane de Araújo/Agência Senado
Presidente do Senado Federal, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), concede entrevista. Foto: Jane de Araújo/Agência Senado (Foto: Voney Malta)

Quem conviveu com Renan Calheiros universitário, ativo participante do movimento estudantil e logo depois deputado estadual e federal, diz que o Renan oposição e crítico do governo Michel Temer lembra muito o estudante que lutava pela redemocratização do País.

Pode ser. Mas é claro que o atual é incomparavelmente melhor. Porque ficou maduro, sábio, tem assessoria qualificada e conhece tudo de bom e de ruim do ofício que deixou de ser aprendiz há muitos anos e hoje é ’mestre-doutor-mágico’ reconhecido e consagrado.

O fato aparente é que o senador está extremamente à vontade no papel de opositor e crítico do governo Michel Temer. Viu primeiro, antes de qualquer pesquisa, que o governo do companheiro de partido seria rejeitado pela população.

Se no passado para adquirir musculatura dentro da realidade política brasileira teve que se aliar a governos, agora, na atual fase da sua carreira, já nem precisa tanto disso. O mais importante na atual conjuntura é sobreviver, renovar o mandato, e para isso é preciso dizer o que agrada a maioria da população.

No último vídeo divulgado em suas redes sociais, por exemplo, o senador – que foi o primeiro político alagoano a tratar de questões que afetam as nossas vidas – volta com a questão da Reforma Trabalhista e Escravidão, governo Temer e Reforma da Previdência e as perspectivas futuras.

Segundo ele, “o Congresso não pode assinar embaixo de tudo que o Temer quer! O Brasil foi o último país das Américas a abolir a escravidão e vai ser o primeiro a trazê-la de volta. O decreto do trabalho escravo e essa temerária reforma trabalhista, que passa a valer dia 11, são os primeiros passos para esse retrocesso.”

Pois bem, Renan Calheiros está ocupando o espaço que seria das esquerdas. Tomou pra si o discurso em defesa da população e com isso provavelmente vai conseguir reduzir o seu elevado índice de rejeição, especialmente entre os alagoanos jovens e os formadores de opinião.

Simpatizemos ou não com ele, do ponto de vista político vem dando uma lição de como ocupar espaço, como se comunicar através das redes sociais e como escolher temas a serem tratados, algo que outros políticos alagoanos deveriam imitar.

O certo é que o senador Renan Calheiros, um sobrevivente da política que conheceu o céu e o inferno nessa atividade, vencedor e derrotado em disputas eleitorais, mesmo com imensos problemas jurídicos roçando os seus calcanhares por suspeitas de recebimento de recursos ilícitos, é um espetáculo no meio de tanta pobreza política e falta de visão.

Será que esse novo-velho Renan oposicionista é um retorno ao seu próprio passado ou é apenas uma nuvem passageira?

Assista ao vídeo clicando aqui.

Conheça a TV 247

Mais de Blog

blog

Vira-lata burro

"Para o governo Bolsonaro, não basta ser o patético vira-lata que abana o rabo para Trump. Tem de ser idiota, também", diz o colunista Marcelo Zero. "É o que se deduz da atitude da Petrobras, que...

Ao vivo na TV 247 Youtube 247