O prefeito de São Paulo e a homenagem da Câmara de Maceió

O objetivo verdadeiro e estratégico é tornar o prefeito paulistano conhecido para que possa tornar viável o seu sonho – e de parte do empresariado paulista - de ser Presidente da República

doria
doria (Foto: Voney Malta)

A concessão do título de Cidadão Honorário de Maceió ao prefeito de São Paulo, João Dória (PSDB), é proposta pelos jovens vereadores Chico Filho (PP) e José Márcio Filho (PSDB). A justificativa principal tem como base atender ao pedido feito pelo presidente da Associação Comercial de Maceió, Kennedy Calheiros.

As demais explicações sobre Doria ser "um empresário, que tem uma visão diferenciada do País como um todo" e que "antes de ser prefeito, Dória é empresário, com atuação muito focada na questão do turismo, principal atividade econômica de nossa cidade", é uma justificativa sem pé nem cabeça.

O objetivo verdadeiro e estratégico é tornar o prefeito paulistano conhecido para que possa tornar viável o seu sonho – e de parte do empresariado paulista - de ser Presidente da República. Porém, talvez os dois vereadores tenha demorado bastante para atender esse pedido. Doria, como candidato viável já era.

Produto do marketing e da falsa tentativa de negação da política e já conhecido como traidor político de quem o inseriu no meio, são as principais lideranças do tucanato brasileiro que estão detonando o prefeito das redes sociais.

Para comprovar isso basta que os vereadores de Maceió façam uma pesquisa na internet sobre os últimos dias. O senador José Serra, o ex-governador Alberto Goldman, entre tantos outros, descascam o prefeito.

As notícias o chamam de "cidadão sem escrúpulos"; pesquisas mostram grande queda de sua aprovação em São Paulo por parte do eleitorado e irritação dos entrevistados com o excesso de suas viagens para ser homenageado ou participar de festas populares.

Em Tempo – Também conhecido como "Prefake" por sempre tentar criar fatos e divulga-los nas redes sociais, ou "ViajanDoria" por sempre estar fora da Prefeitura, o símbolo que mais pegou nele foi o de traidor. Isso porque quem bancou a sua candidatura como o novo na política em São Paulo foi o governador Geraldo Alckmin.

Só que nesses poucos meses no poder o que mais a criatura tentou foi inviabilizar a candidatura do seu criador ao Palácio do Planalto. Para tanto usou nas redes sociais, inclusive, aqueles meninos do Movimento Brasil Livre para criticar Geraldo Alckmin.

Porém, João Doria foi desmascarado, revelado e inviabilizado como candidato pelo PSDB. E é esse tipo de político que Chico e José querem homenagear? É esse tipo de político que um empresário do porte de Kennedy acredita que merece ser reconhecido em Maceió?

Prefiro crer que todos se enganaram, assim como já reconheceu o PSDB.

Caso o Título seja aprovado entrega deve ocorrer no final do mês, quando está previsto o desembarque de Doria em Maceió.

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Ao vivo na TV 247 Youtube 247