O samba do impeachment doido

"Os deputados capricharam nas indumentárias, nos adereços e nas palavras. E cada um teve seus 15 minutos de fama para mostrar toda a sua sabedoria política e jurídica, sem abrir mão de momentos de misticismo e de poesia que devem ter enlevado e embalado os sonhos dos telespectadores da anódina e sisuda TV Câmara", diz o colunista Alex Solnik; eis um exemplo: “Sei que o senhor, deputado Jovair Arantes, não é advogado e sim dentista. Mas depois do seu brilhante relatório o senhor se tornou um adventista: advogado e dentista”. (Benito Gama, PTB-BA)

"Os deputados capricharam nas indumentárias, nos adereços e nas palavras. E cada um teve seus 15 minutos de fama para mostrar toda a sua sabedoria política e jurídica, sem abrir mão de momentos de misticismo e de poesia que devem ter enlevado e embalado os sonhos dos telespectadores da anódina e sisuda TV Câmara", diz o colunista Alex Solnik; eis um exemplo: “Sei que o senhor, deputado Jovair Arantes, não é advogado e sim dentista. Mas depois do seu brilhante relatório o senhor se tornou um adventista: advogado e dentista”. (Benito Gama, PTB-BA)
"Os deputados capricharam nas indumentárias, nos adereços e nas palavras. E cada um teve seus 15 minutos de fama para mostrar toda a sua sabedoria política e jurídica, sem abrir mão de momentos de misticismo e de poesia que devem ter enlevado e embalado os sonhos dos telespectadores da anódina e sisuda TV Câmara", diz o colunista Alex Solnik; eis um exemplo: “Sei que o senhor, deputado Jovair Arantes, não é advogado e sim dentista. Mas depois do seu brilhante relatório o senhor se tornou um adventista: advogado e dentista”. (Benito Gama, PTB-BA) (Foto: Alex Solnik)

   Foi uma longa jornada noite adentro com transmissão ao vivo e a cores para “todo o planeta”, das 15h00 de sexta-feira às 04h30 de sábado.

   Os deputados capricharam nas indumentárias, nos adereços e nas palavras. E cada um teve seus 15 minutos de fama para mostrar toda a sua sabedoria política e jurídica, sem abrir mão de momentos de misticismo e de poesia que devem ter enlevado e embalado os sonhos dos telespectadores da anódina e sisuda TV Câmara.

   Aí vão os melhores momentos ipsis literisdo debate a respeito do relatório pro impeachment do deputado Jovair Arantes (PTB-GO):

   “Sei que o senhor, deputado Jovair Arantes, não é advogado e sim dentista. Mas depois do seu brilhante relatório o senhor se tornou um adventista: advogado e dentista”. (Benito Gama, PTB-BA)

  “Nosso mestre é o senhor Jesus”. (Fábio Sousa, PSDB-GO)

   “Gilmar Mendes é um dos maiores juristas do planeta” . (JHC, PSB-AL)

   “Somos excelências nada excelentes”.(Júlio Lopes, PP-RJ)

   “Vamos precisar de um mínimo de crime de responsabilidade”. (Wanderley Macris, PSDB-SP)

   “Vou dar um exemplo prático do que aconteceu com a presidente Dilma. É o mesmo que você passasse num semáforo vermelho dez vezes. Ninguém te viu, não tinha um guarda. Não tinha um radar. Mas, de repente, a prefeitura, naquele dia, colocou um guarda ou um radar. E justamente você passou, o radar te fotografou. Ou o guarda anotou a sua placa. A multa vai chegar na sua casa. E você não vai poder falar: ah, mas eu passei dez vezes e ninguém viu e agora chegou a multa?! Agora o radar te viu! Presidente Dilma, agora esse Congresso viu”!(Sóstenes Cavalcante, DEM-RJ)

  “Não pertenço ao mundo da ciência jurídica”.     (Bebeto, PSB-BA)

   “Petrobrás é o maior escândalo da história da humanidade”. (Fábio Sousa, PSDB-GO)

   “Eu posso andar de cabeça em pé”.(Rocha, PSDB-AC)

   “No nosso partido nós construímos uma curva de amadurecimento desse processo”. (Bebeto, PSB-BA)

   “Alô, mundo que nos assiste”. (Marco Feliciano, PSC-SP)

   “Eu quero ser mais pedagógico com o pedreiro que nos assiste em casa” (Sóstenes Cavalcante, DEM-RJ, às 02h29 de sábado)

   “Não tenho paixão por partido... só tenho paixão por meus filhos e minha mulher”. (Fábio Sousa, PSDB-GO)

    “Não posso valorar o que cada um subjetivamente entende como valor”. (Bebeto, PSB-BA)

   “A escuridão da noite é mais escura que o amanhecer”. (Marcelo Aro, PHS-MG)

   “Só de diárias pagas para um executivo, tá no Portal da Transparência no ano de 2015 foram 692 milhões, 736 mil e 70 centavos. Quase 700 milhões! Só de diárias pagas. (...) Se economizasse isso Vossa Excelência não teria evitado as pedaladas”?! (Sóstenes Cavalcante, DEM-RJ)

   “O primeiro-ministro desse governo é o João Santana”. (Izalci, PSDB-DF)

   “Aqui não é todo mundo enlameado, não”.(Sóstenes Cavalcante, DEM-RJ)

   “Conheço pessoalmente 4000 municípios do Brasil”. (Marco Feliciano, PSC-SP)

   “Eu não sei o que o Janot viu ou ouviu. Mas ele mudou. Se o Janot mudou, deputado Leitão, muito deputado vai mudarEu não sei o que o Janot ouviu. É uma baixaria total o que o governo conversa em seus telefones”. (Sóstenes Cavalcante, DEM-RJ)

   “Curitiba é a Alcatraz do governo”. (Evandro Roman, PSD-PR)

   “Cristo é o único capaz de livrar o país da roubalheira”. (Sóstenes Cavalcante, DEM-RJ)

   “Somos pessoas pensantes “. (Fábio Sousa, PSDB-GO)

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Ao vivo na TV 247 Youtube 247