O tratado do jurista doido

Artigo 1º. Todo aquele que não tiver provas para denúncias contra Lula, pode acusá-lo com base em suas convicções; Artigo 2º. Todos os cidadãos terão direito ao princípio do “in dubio, pro reu”, com exceção dos petistas; Artigo 3º. Em caso de não encontrar justificativas para derrubar a(o) presidenta (e) da República na constituição apele para o grupo de deputados corruptos para derrubá-la (lo); artigo de Alex Solnik

Brasília- DF 17-03-2016 Presidenta Dilma durante posse do ministro Lula e outros ministros.Foto Lula Marques/Agência PT
Brasília- DF 17-03-2016 Presidenta Dilma durante posse do ministro Lula e outros ministros.Foto Lula Marques/Agência PT (Foto: Alex Solnik)

Desconfiado de que tanto renomados juristas, quanto doutos deputados, ilibados ministros do governo, altas autoridades e público culto em geral vêm dando declarações e tomando decisões um tanto ou quanto estapafúrdias, mas perfeitamente enquadradas no maravilhoso mundo jurídico concluí que as fontes em que se baseavam não podiam ser as mesmas que as usuais.

   Foram dias e dias de obstinada busca da verdade. Finalmente, achei. Em todas as suas bibliotecas, as quais chequei, uma por uma havia um exemplar do mais novo e extraordinário compêndio jurídico da atualidade, chamado “Tratado do Jurista Doido”.

    Consegui copiar alguns artigos do extenso volume, os quais apresento a todos em primeira mão:  

Artigo 1º. Todo aquele que não tiver provas para denúncias contra Lula, pode acusá-lo com base em suas convicções

- aproveite para também denunciar sua mulher

Artigo 2º. Todos os cidadãos terão direito ao princípio do “in dubio, pro reu”, com exceção dos petistas

- qualquer petista, de qualquer sexo, raça, status social

Artigo 3º. Em caso de não encontrar justificativas para derrubar a(o) presidenta (e) da República na constituição apele para o grupo de deputados corruptos para derrubá-la (lo)-

- se a preferência for por obedecer à constituição sugerimos o artigo 1079

- só pode ser utilizado se vier acompanhado de uma manada de burros

Artigo 4º. Antes de começar o seu impeachment chame logo Janaína Pascoal e sua equipe carinhosamente apelidada “Os 3 Patetas”.

- por quaisquer 45 mil reais eles quebram o teu galho

Artigo 5º. Qualquer brasileiro poderá ser presidente da República, seja por meio de eleições supostamente livres e diretas, seja por meio de golpes, contanto que dentro da democracia

Artigo 6º. Todo brasileiro tem direito a xingar ao menos um petista por dia

- se o petista revidar chame a PM de São Paulo

Artigo 7º.  Gilmar Mendes é o melhor ministro do STF de todos os tempos

- Dias Toffoli concorda com isso

- Aécio assina embaixo

Artigo 8º. Sempre escolha para ministros do seu governo pessoas envolvidas em crimes porque elas serão eternamente gratas a você e jamais contradizê-lo-ão

- usar a mesóclise com moderação, pois remete a Jânio Quadros

Artigo 9º. Para não ser chamado de misógino não se esqueça de colocar no máximo uma mulher no ministério

- mas é melhor ser chamado de misógino que golpista

Artigo 10º. Coloque no ministério da Justiça um careca com cara ameaçadora para que ninguém coloque em dúvida que você é um presidente justo

Artigo 11º. Como o dia tem 24 horas é perfeitamente normal fixar a jornada de trabalho em 12 horas

- Ninguém precisa dormir mais de seis horas, tal como Napoleão, ainda sobram seis horas livres

- grandes homens da nossa sociedade, como Paulo Maluf, trabalham 16 horas por dia

Artigo 12º.  Se precisar de aliado que se alia a todo mundo chame Renan Calheiros

- ele também é bom para bolar frases

Artigo 13º. Suprimido a pedido de Michel Temer.

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Ao vivo na TV 247 Youtube 247