Os coxinhas, os bolsominions e o coronavírus

Os coxinhas são aquelas pessoas que votaram no Bolsonaro. Os Bolsominions são os que insistem em continuar defendendo-o

(Foto: Manifestação em defesa de Bolsonaro e Moro)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Os coxinhas são aquelas pessoas que votaram no Bolsonaro. Os Bolsominions são os que insistem - mesmo depois da óbvia incompetência desse sujeito em presidir o Brasil -, em continuar defendendo-o. Isso é uma doença! Só pode! 

O coronavirus parece com um coxinha! Em 80% dos casos, já se arrependeu e não vai levar a morte! Faz mal, deixa debilitado, mas é superável! Nos 20% restantes, se transformam! Tornando-se agressivos, resistentes e para sobreviver, precisa de terapia intensiva! Respiração artificial e muita sorte! 

É assim que se comporta um portador do vírus do Bolsonarismo. Não tem empatia, não tem sensibilidade, não liga para as notícias escandalosas que se tem sobre o malefício que esse governo traz à toda sociedade. Não quer saber! Sua postura é a postura da arrogância, da empáfia. É o símbolo do egoísmo político elevado a última potência!

Basta ver a postura de um bolsominions e de um coxinha! Os coxinhas, se mantem gripados, mas estão reclusos! Sabem que estão contaminados e não querem passar esse vírus para mais ninguém. Estão preocupados com as inconsequências desastrosas do governo que ajudaram a eleger e querem proteger a própria família, os amigos e a sociedade. Ainda reclamam da esquerda, mas já reconhecem que antes do golpe, estava melhor do que hoje! (Como toda gripe, deixa a pessoa afônica, por isso, ainda fala com dificuldades sobre o erro do voto... mas vai ficar curado e vai falar mais claramente em pouco tempo)

Já os bolsominions estão naquele quadro dos doentes crônicos. A cura é mais difícil, embora seja possível, sabemos que uma vez o vírus contaminando o pulmão, a situação se complica! É assim que se comportam os bolsominions, como pessoas contaminadas no pulmão! Não conseguem respirar outra coisa que não seja a ventilação mecânica emanada do ar artificial dos gabinetes do ódio e das fake News bolsonaristas! Não tem capacidade para obter oxigênio natural, pois estão contaminados irremediavelmente pelo ódio ao comunismo, (seja lá o que signifique isso para eles, pois tudo é comunismo, do Papa Francisco a Joyce Hasselmann e Alexandre Frota) ... imagine então, o que são os militantes, os ambientalistas, os humanistas... enfim! 

Um bolsominion acha razoável que haja aglomeração de pessoas em cultos e missas, afinal, o Pastor sabe como instruir seus fiéis, na visão de Bolsonaro. Bolsonaro é o cara que está distribuindo o vírus e querendo matar os brasileiros, na profecia do haitiano. Tenho que concordar com ele.

Um bolsominion acha engraçado dizer que vai se juntar a um grupo de amigos, e tomar chuva para ficar gripado, para poder espalhar o coronavirus para quem ficou em casa em reclusão voluntária.

Um bolsominion, não vê problemas em andar de bicicleta, pegar carona em caminhonete e distribuir coronavirus para as pessoas que não aceitam sua condição de infectada depois que chegou da Europa. Afinal, um bolsominion rico, acredita de verdade que é superior a todos os outros seres humanos.

Um bolsominion, ao ser constatado o coronavirus, não vê problema em pegar seu jato particular e ir de São Paulo à praia de Trancoso na Bahia, contratar trabalhadores, infecta-los e chamar amigos para beber e comemorar!

Os bolsominions são maus. Agora, deram pra dizer que não é pra falarmos sobre política, afinal, a questão agora é tratar da saúde. Eles não querem discutir o apoio que o presidente Bolsonaro deu à PEC 95, que tirou mais de 22 Bilhões de Reais da saúde pública com a política do corte de gastos sociais. 

Bolsominions não querem que falemos em política, porque isso leva a questionar a falta de decoro para o cargo que ocupa o indecoroso presidente distribuidor de vírus. Não querem discutir política, porque não toleram a democracia (outro sintoma grave do bolsonavirus), esse sintoma é demonstrado quando ataca jornalistas a esmo por exemplo.

O vírus do Bolsonavirus usa a máquina publica pra pressionar adversários e impedir que a lei seja cumprida, como por exemplo, nas investigações contra o clã Bolsonaro, as rachadinhas, a relação cumplice com as milícias cariocas, que tem Queiroz como pessoa da relação intima. 

A democracia fica fragilizada, quando o presidente emana ordens para quarteis para que se comemore o golpe militar, numa flagrante desobediência a Constituição brasileira ou quando propõe pessoalmente, que haja censura no departamento de cultura que cuida de produções cinematográficas, dizendo que somente passam pelo financiamento público filmes com determinado viés ideológico, que não por acaso é o próprio.

Os contaminados pelo vírus do Bolsonavirus, não querem discutir política porque o presidente deles, diz que é exagerada a postura dos governadores brasileiros em tomar medidas de contenção e circulação   de pessoas. Bolsonaro não tem a menor capacidade de liderar sequer um time de futebol de salão. Imagina então, um pais com as dimensões e a crise de pandemia e de economia que estamos submetidos. Mas os doentes pelo bolsovirus, não conseguem pensar.  

Lhes falta o oxigênio da democracia!

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247