Pazuello marca Dia D e manda buscar na Índia o que já tem no Brasil

"Não faz sentido algum gastar milhões para buscar vacinas na Índia se o Butantã já dispõe de oito milhões de doses em solo brasileiro", avalia o jornalista Alex Solnik sobre o anúncio do ministro da Saúde. "Só faz sentido se o objetivo for – e deve ser – tirar de Doria a glória da primeira foto", diz

(Foto: Tony Winston/MS | Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Por Alex Solnik, para o Jornalistas pela Democracia 

O suposto ministro da Saúde, general Pazuello, marcou, finalmente, na ordem unida, ops, entrevista de hoje o dia D: quatro dias depois da autorização da Anvisa.

Como o sim ou não da agência – para a coronavac e a Oxford – está marcado para domingo, 17, o Dia D será dia 21.

Ou seja: quatro dias antes da data anunciada pelo governador João Doria para iniciar a vacinação com a coronavac em São Paulo.

Pazuello também afirmou, com a cordialidade que lhe é peculiar, ter enviado um avião buscar na Índia 2 milhões de doses da vacina da Oxford, o que é meio estranho porque geralmente quem vende, entrega.

Mas, tudo bem, trata-se de uma emergência sanitária.

Contudo, se esse é o caso – e tudo indica que é – não faz sentido algum gastar milhões para buscar vacinas na Índia se o Butantã já dispõe de oito milhões de doses em solo brasileiro. Levando-se em conta que são quantidades ínfimas, para inglês ver, só para dizer que começou.

Só faz sentido se o objetivo for – e deve ser – tirar de Doria a glória da primeira foto.

Ou – pior ainda – reprovar a coronavac no exame da Anvisa.

O general também comunicou que a vacinação vai começar simultaneamente em todo o país, mas “ninguém vai começar antes de Manaus”.

Acrescentou que sua filha mora na cidade.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247