Pedro III, capitão do mato da família Big Oil

Pedro Parente presidente da Petrobras não é parente da família Bragança, como muitas pessoas pensam. Ele é apenas um servo da família Big Oil, é por isso que o ilegítimo é tão poderoso, pelos parentes políticos que tem, não é por ele mesmo

Pedro III, capitão do mato da família Big Oil
Pedro III, capitão do mato da família Big Oil

Pedro Parente presidente da Petrobras não é parente da família Bragança, como muitas pessoas pensam. Ele é apenas um servo da família Big Oil, é por isso que o ilegítimo é tão poderoso, pelos parentes políticos que tem, não é por ele mesmo.

Pedro Parente é um típico colonizador nativo, um capitão do Mato da família Big Oil. 

Para você entender melhor, é como se um carioca tivesse uma alta posição militar no Exército dos EUA no massacre do Iraque.

 Mas você é ali um iraquiano miserável que não tem nem comida, nem combustível, mais chegam a você as balas do exército de Pedro Parente, e para sobreviver terá que comer essa pipoca horrível que oferece Doria.

Nos encontros íntimos da família, Pedro Parente não é o amo da Casa Grande, nem se senta no centro da grande mesa, Pedro Parente fica a um costado, ali manda a bruxa da tia loira a '' Royal Dutch Shell '' e o tio norte-americano abusado, mais conhecido como ExxoMobil.

O slogan de Parente é um ataque à alma de Getúlio Vargas, e um orgasmo prolongado para as multinacionais do petróleo, ele diz que o petróleo brasileiro não é nosso.

É por isso que a permanência de Parente é tão importante para as multinacionais, porque enquanto Pedro estiver no poder, o marcador do fornecedor de combustível marcará lucros gigantescos para as companhias petrolíferas estrangeiras.

Enquanto isso acontece, as pessoas vão ouvir o monólogo estéril do careca no rádio fazendo piadas com o presidente, ou ver um vídeo em que o ator pornô fracassado fala com os caminhoneiros, enquanto os adolescentes da MBL pulam na paulista por falta de bom sexo.

Você pode imaginar se os membros do MBL fossem loiros, com olhos celestes e noruegueses? Eles estariam gritando em Oslo que a estatal Staoil tem que passar todo seu petróleo para as mãos da Petrobras.

Como vocês podem entender, existe uma incoerência ideológica nos filhos abandonados pelo capitão do Mato, porque no Brasil os entreguistas são inimigos da estatal, mas aceitam que a empresa estatal da Noruega fique com parte do pré-sal.

Isso não pode mais ser explicado como complexo de "vira-lata", isso é estupidez em sua forma mais concentrada.

As pessoas honestas lutaram para que a verdade chegue, para que este saudável rio atinja o mar. 

 Mais eles distraíram a você, eles têm que culpar o Estado e o passado dos problemas que eles trouxeram ao colocar as multinacionais no coração da Petrobras. 

O objetivo dos entreguistas e dar tempo para esse viciamento, e endividar as pessoas e colocar tudo no lucro do estrangeiro, antes que a democracia retorne aos brasileiros.

Mas é difícil, muitos caminhoneiros acordam e começam a olhar para o Watts App.

Muitos trabalhadores já sabem que a família Big Oil governa no Brasil, que o combustível que eles pagam em reais, tem que ser convertido em dólares para fugir a USA, elevando assim mais os preços.

Se você não quer saber de economia, se você não quer entender de geopolítica, você vai ser escravo da família Big Oil toda sua vida e vá morrer de fome escutando o embuste mole da Globo...

Guillermo Gómez

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Cavalo de Tróia contra a Previdência
Enio Verri

Reagir ou sucumbir à escravidão

A classe trabalhadora está vendo, dia a dia, direitos mínimos sendo solapados por apostadores de cassinos de bolsas de valores. A cada movimento de Paulo Guedes, que é quem de fato manda no...

Ao vivo na TV 247 Youtube 247