Pitacos e dúvidas sobre os desdobramentos do caso Daniel Silveira

Penso que a decisão do Supremo, endossada pela Câmara e pela PGR, pode ser um divisor de águas, para que os setores progressistas da sociedade sejam implacáveis ante à ação dos inimigos da democracia

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Por Bepe Damasco, em seu Blog

1) Ficou claro que o caminho de Bolsonaro para implantar um regime autoritário no Brasil não será propriamente um passeio no parque. Mesmo contando potencialmente para uma aventura golpista com o apoio de milicianos, boa parte das polícias militares e civis, além de contingentes das forças armadas e da PF, o que vem sendo visto até agora é o recuo de Bolsonaro sempre que as instituições batem o pé.

2) Entre 25% e 30% da população brasileira aplaudiriam o conteúdo da fala do troglodita preso. Esses seres das trevas conterão a disseminação do ódio e a pregação antidemocrática nas redes sociais, e eventualmente nas ruas, ou dobrarão a aposta, tentando emparedar Bolsonaro por ter atirado o deputado aliado ao mar? A conferir.

3) O diabo mora nos detalhes. Na sessão da Câmara desta sexta-feira (19), que referendou a prisão de Silveira, o presidente da Casa, Arthur Lira, logo após a fala da deputada Talíria Perrone, do PSOL, advertiu os parlamentares de que “a presidência da Câmara será rigorosa com discursos radicais e ofensivos.” Vale lembrar que a deputada fizera uma intervenção combativa, denunciando a militância fascista de Bolsonaro e a idolatria do presidente por torturadores. O que Lira quis dizer com isso? O episódio do deputado bolsonarista será usado como biombo para tentar calar e censurar a oposição de esquerda?

4) Penso que a decisão do Supremo, endossada pela Câmara e pela PGR, pode ser um divisor de águas, para que os setores progressistas da sociedade sejam implacáveis ante à ação dos inimigos da democracia, tal qual o apresentador de TV Ratinho, que usa uma concessão pública para pregar a ditadura, inclusive com fuzilamentos a granel.

5) Daniel Silveira se ferrou. Mesmo que saia da cadeia nos próximos dias, o fará no melhor estilo "pombo correio", com tornozeleira eletrônica e para cumprir prisão domiciliar. Também foi banido das redes sociais e terá o mandato cassado pelo Conselho de Ética da Câmara. Sem falar no procedimento investigativo aberto para apurar o caso dos celulares encontrados em sua cela. Diante dessa derrota fragorosa da ala assumidamente fascista do governo, como agirão agora os filhos de Bolsonaro, Ernesto Araújo e demais integrantes do gabinete do ódio?

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email