Plano de Anitta para ajudar Lula é brilhante

"Anitta e Lula têm que estar juntos. Não vieram ao mundo como espectadores, mas como agentes das mudanças de que este país precisa", diz Eduardo Guimarães

www.brasil247.com -
(Foto: Ricardo Stuckert | Divulgação)


A cantora Anitta surpreendeu o público em Las Vegas, nos EUA, no palco da premiação do Billboard Music Awards 2022. Ela foi uma das apresentadoras da categoria “Melhor Duo/Grupo Country”. Ao lado do cantor Michael Bublé, deu seu recado em português, espanhol e inglês. 

Anita faz sucesso cantando em idiomas  que aprendeu quase sozinha (aulas particulares)  em espaço de tempo incrivelmente curto. 

“Muitas pessoas não sabem disso, mas, juntos, nós falamos português, espanhol, italiano, francês e inglês. Por que não mostramos a eles?”, perguntou Bublé ao subirem ao palco. Ao que Anitta concordou e disse: "Ai, claro! É um prazer estar aqui", em português. 

Larissa de Macedo Machado (nascida em 30 de março de 1993), mais conhecida pelo nome artístico "Anitta" , é cantora, compositora, atriz, dançarina, empresária e apresentadora de TV. Iniciou sua carreira aos 8 anos cantando em uma comunidade humilde do Rio de Janeiro. Cantava  no coral da Igreja Santa Luzia. Aos 11 anos, com a mesada que recebia, decidiu fazer aulas de inglês. Mais tarde, recebeu aulas de dança gratuitas do professor de sua mãe. Aos 16, concluiu o curso de administração em uma escola técnica do Rio. Um ano depois, decidiu seguir a carreira artística.

Nunca ninguém deu nada de presente a Anitta. Ela se orgulha de ressaltar que não teve moleza e muito menos "teste do sofá". E virou a maior cantora brasileira da atualidade, pelo menos em termos de reconhecimento no Brasil e no exterior. 

Após Anitta declarar apoio a Lula, Carlos Bolsonaro, sempre pronto a destilar sua canalhice hereditária, debochou dela pelo Twitter. Usou uma aula pública sobre política que recebeu da advogada e apresentadora Gabriela Prioli em que aprende a organização política do Estado brasileiro. Hoje, Anitta já fala de política com a fluidez que fala em outras línguas. 

Anitta se fez sozinha, assim como o político ao qual ela declarou apoio após o episódio dramático e revoltante envolvendo assassinato de dirigente do PT em Foz do Iguaçu por ação de um fanático bolsonarista. 

O apoio de Anitta a Lula faz todo sentido do mundo. Assim como Lula, ela venceu pelos próprios méritos e pela inteligência ENORME. Mas não é só. Nos últimos dias, ela foi alvo de polêmica ao destacar que votará em Lula por ter se dado conta de que ele é quem tem mais chance de vencer Bolsonaro, mas que não é petista nem quer que usem sua imagem para pregar voto no partido. Seu apoio é só para Lula. 

Muitos petistas ficaram contrariados. Mas, agora, um colunista antipetista do jornal O Estado de São Paulo --  ex-lavajatista, ex-morista e ex-bolsonarista -- "denuncia" a estratégia de Anitta para fazer antipetistas votarem em Lula

O colunista do Estadão Felipe Moura Brasil não tem apenas nome de colírio, é da família dona da marca de colírios e um dos antipetistas mais virulentos que existem. Aliás, graças a ele este blogueiro foi processado por Sergio Moro por "ameaça". Mas Moura Brasil deslindou a estratégia de Anitta para fazer antipetistas votarem em Lula. 

Confira artigo dele no Estadão desta segunda-feira 18/7: 

"Anitta publicou uma foto com a estrela do PT no bumbum, após declarar apoio a Lula. Mas tuitou: 'não sou petista e não quero nenhum candidato do PT usando meu nome'. Anitta usou o bumbum como outdoor pró-Lula para falar a língua do povo. 'Quero que as pessoas antipetistas como eu enxerguem o que eu enxerguei. E, se eu não ressaltar que essa é minha visão política, eu não estarei comunicando com quem não gostaria de votar no PT. Só estaria falando com quem já é favorável... e isso é chover no molhado', esclareceu ela, explicando sua estratégia. A função da cantora na campanha lulista, portanto, é induzir até quem não gosta do PT a votar em Lula"

Anitta e Lula TÊM que estar juntos. Dois outsiders que não vieram ao mundo como espectadores, mas como agentes das mudanças profundas de que este país precisa desesperadamente. O Brasil fica melhor com esses dois atuando juntos para resgatar o país do poço sem fundo em que mergulhou em 2018.

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247