Pode alguém de esquerda amar a Globo ?

A chave para entendermos os motivos que levam os próceres do moralismo udenista dos dias atuais a pouparem a Globo está, porém,ao alcance da mão. Primeiro que a Globo sabe compensar seus aliados. No caso, o prêmio pelos bons serviços prestados se dá através dos espaços generosos concedidos. Quer coisa melhor para os Marinho do que dispor de gente de confiança à esquerda do espectro político?

globo golpe
globo golpe (Foto: Bepe Damasco)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Em sua transmissão ao vivo dominical pelo facebook, o deputado Wadih Damous criticou duramente o silêncio de uma certa esquerda em relação às sérias acusações de que a Globo pagou propina pelos direitos de transmissão de competições internacionais, como Libertadores, Sul-Americana e até Copa do Mundo.

Em processo que corre nos Estados Unidos, um delator argentino não se limita a apontar o dedo acusador, como é o padrão dos dedo-duros da Lava-Jato, mas indicou todo o caminho a ser seguido para a obtenção de provas materiais. Pois bem, até agora não se ouviu nem uma pálida e miserável cobrança de figuras públicas do PSOL e da Rede sobre a necessidade de o Ministério Público brasileiro abrir uma investigação sobre a Globo.

Logo eles que não hesitam em acionar o MP e o Supremo semana sim outra também. Logo eles que têm uma visão moralista da política, embarcando na cantilena da burguesia de que o maior problema do país é a corrupção do Estado e não a desigualdade social. Logo eles que aplaudem os métodos fascistas da Lava-Jato, na certeza de que está em curso uma "faxina" no país. Logo eles que jamais se solidarizaram com Lula pela sórdida caçada que sofre.

A chave para entendermos os motivos que levam os próceres do moralismo udenista dos dias atuais a pouparem a Globo está, porém,ao alcance da mão. Primeiro que a Globo sabe compensar seus aliados. No caso, o prêmio pelos bons serviços prestados se dá através dos espaços generosos concedidos. Quer coisa melhor para os Marinho do que dispor de gente de confiança à esquerda do espectro político ?

Depois, está claro que no estágio do golpe em nos encontramos dois blocos disputam a hegemonia, o protagonismo e a narrativa. De um lado, Globo-Lava-Jato-MP-Judiciário, de outro, Temer e sua quadrilha palaciana, fortemente ancorada na sólida maioria parlamentar assegurada pelo Congresso mais desqualificado e corrupto da história. A uni-los apenas as reformas para roubar direitos do povo e entregar as riquezas do país. E, embora se posicionem e votem contra as reformas, os esquerdistas de grife de Zona Sul cerram fileiras junto à aliança capitaneada pela Globo.

Isso explica a presença assídua deles nas tertúlias que têm lugar na casa de Paula Lavine, reunindo uma constelação de estrelas globais. Isso explica o antipetismo visceral de muitos deles. Isso explica o endosso às atrocidades jurídicas cometidas pela Lava Jato. Isso explica o endeusamento do Ministério Público. Isso explica o porquê da cegueira em relação a um fenômeno identificado por qualquer observador minimamente atento da cena política : o MP e o Judiciário, com as exceções de praxe, são instituições corrompidas pela política e que abandonaram suas funções republicanas.

Acabo de ler declarações contrariadas do ex-chefe do MP, Rodrigo Janot, a respeito da CPMI da JBS. Para ele, o verdadeiro alvo da CPMI é o Ministério Público, o que diz ser "um absurdo". Como assim, doutor Janot ? Até quando suas excelências vão se considerar acima das leis e do bem e do mal ? Não partiu do consórcio MP-Judiciário-PF o slogan da Lava-Jato segundo o qual "a lei é para todos?" Ou ele só serve para destruir o PT e incriminar o Lula ?

O motivo desse descontentamento tem nome e sobrenome : Tacla Duran. É que o advogado será ouvido por meio de videoconferência, em sessão da CPMI marcada para o próximo dia 30. O depoimento tem potencial para abalar as estruturas da Lava Jato. Vale observar como reagirão as vestais da esquerda global diante do chumbo grosso que vem por aí ?

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247