Por que Janot protege Temer?

A perguntinha feita em outdoor espalhado na capital da Lava Jato incomoda as instituições judiciais/policiais e corrobora com denúncia na revista Época desta semana

Brasília- DF 26-08-2015 Foto Lula Marques/Agência PT Procurador Geral da república, Rodrigo Janot, durante sabatina do senado.
Brasília- DF 26-08-2015 Foto Lula Marques/Agência PT Procurador Geral da república, Rodrigo Janot, durante sabatina do senado. (Foto: Esmael Morais)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, também foi convocado pela “República de Curitiba”, para responder uma perguntinha indigesta também feita em outdoor para o juiz Sérgio Moro: afinal, “Temer é corrupto ou não?”.

O fato é que Janot protege o vice que na semana que vem, por meio de golpe, pode substituir Dilma Rousseff no Palácio do Planalto.

(O senador Roberto Requião (PMDB-PR) costuma dizer que “o saco do chefe é o corrimão do sucesso”).

A perguntinha feita em outdoor espalhado na capital da Lava Jato incomoda as instituições judiciais/policiais e corrobora com denúncia na revista Época desta semana.

Segundo a publicação da Globo (sic), Temer seria beneficiário de propina paga pelo consórcio Argeplan/Engevix que ganhou contratos na estatal Eletronuclear.

Entretanto, como a ideia dos golpistas é derrubar o governo Dilma Rousseff — custe o que custar — a bola da vez é o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O espetáculo circense nas vésperas do golpe no Senado visa desmobilizar a militância do campo de esquerda-democrático.

Para despistar o destinto público do iminente golpe de Estado, Janot enviou ao Supremo Tribunal Federal pedido para investigar “meia República”, mas protegeu Michel Temer. Por quê?

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email