Por que não te calas?

Cláudio Lessa, diretor-executivo da Secretaria de Comunicação Social da Câmara dos Deputados, nomeado por Cunha, mantém em seu blog uma enquete que tem, como uma das respostas possíveis para o Brasil sair da crise, que a presidenta Dilma cometa suicídio

Cláudio Lessa, diretor-executivo da Secretaria de Comunicação Social da Câmara dos Deputados, nomeado por Cunha, mantém em seu blog uma enquete que tem, como uma das respostas possíveis para o Brasil sair da crise, que a presidenta Dilma cometa suicídio
Cláudio Lessa, diretor-executivo da Secretaria de Comunicação Social da Câmara dos Deputados, nomeado por Cunha, mantém em seu blog uma enquete que tem, como uma das respostas possíveis para o Brasil sair da crise, que a presidenta Dilma cometa suicídio (Foto: Jean Wyllys)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Cláudio Lessa, diretor-executivo da Secretaria de Comunicação Social da Câmara dos Deputados, nomeado por Cunha, mantém em seu blog uma enquete que tem, como uma das respostas possíveis para o Brasil sair da crise, que a presidenta Dilma cometa suicídio.

A Folha de São Paulo denunciou, hoje, a publicação do blog. Em diversas postagens, Lessa também propaga o discurso de ódio de grupos como Revoltados Online, emitindo comentários raivosos, preconceituosos e racistas contra Dilma, Lula, e até mesmo a jornalista Maria Júlia Coutinho, a Maju, que recentemente estampou as capas de jornais e revistas vítima de racismo por internautas.

Não é por mero acaso que a Secretaria de Comunicação da Câmara vem se transformando em um canal de proselitismo político em favor de Cunha e aliados e de censura a adversários: além de Lessa, Laerte Rimoli — amigo pessoal, ex-colega da esposa de Cunha na TV Globo, coordenador de comunicação da campanha de Aécio Neves e peça-chave, segundo a imprensa e os órgãos de investigação, no desvio de verbas publicitárias do Ministério dos Esportes através do esquema conhecido como Valerioduto, fonte de recursos para campanhas tucanas — também foi empossado diretor de Comunicação da Câmara, além de desempenhar a função de colaborador do blog de Lessa, com postagens regulares sobre os episódios de corrupção no governo petista.

Em seu blog, Lessa diz que é “integralmente a favor de processos democráticos limpos e absolutamente transparentes” e considera a corrupção “algo repelente”. Entretanto, a única menção que este “paladino” da moralidade faz a Eduardo Cunha é elogiosa, além de regularmente compartilhar postagens de aliados de Cunha, como os da bancada da bala. Claro, ele não fala das contas na Suíça!

Nada diz, tampouco, sobre a condenação de seu colega e colaborador Rimoli pelo TCU, que o obrigou a ressarcir os cofres públicos por seu envolvimento com os desvios praticados através da empresa de publicidade SMP&B.

Para ter uma ideia mais completa sobre o personagem, vejam aqui alguns dos posts publicados por ele e tirem suas conclusões: http://bit.ly/1Lwtq1u

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email