Putin vence Biden, o tigre de papel

Mao Tse Tung tinha razão: Tio Sam é um tigre de papel!

www.brasil247.com - Joe Biden e Vladimir Putin
Joe Biden e Vladimir Putin (Foto: Reuters)


Tudo sinaliza vitória russa, apesar do movimento midiático impressionante das agências de notícias ocidentais, comandadas pelos Estados Unidos, para impor narrativa que atenda seus interesses; depois que Biden disse que não iria mandar seus soldados e suas artimanhas para a Ucrânia e a OTAN dizer o mesmo, que não enviará aviões de combate, para ajudar ucranianos, evidenciou o óbvio: fuga dos aliados de Zelenski; o presidente ucraniano ficou sozinho e, claro, botou a boca no trombone; denunciou estar sendo abandonado; diante desse fato incontestável, por que Putin continuaria com a invasão que diz ser preventiva, na Ucrânia, para não deixa-la incorporar-se à União Europeia, objetivo máximo dos americanos e europeus? 

A invasão de Putin, que, certamente, rompe com tratados internacionais, relativos ao respeito à determinação dos povos, ancorou-se em lições históricas; o líder russo alertou que a Rússia não mais seria pega de surpresa ou cairia no conto do vigário, como aconteceu com os nazistas alemães, na guerra; estes juraram não atacar a Rússia; fizeram o contrário; dessa vez, não se enganaria com as forças ocidentais, articuladas por EUA e OTAN, usando a Ucrânia como escudo; assim que Putin firmou posição e ameaçou os pretensos invasores, se tentassem impedi-lo do seu objetivo de desnazificar a Ucrânia e mantê-la na geopolítica da Rússia, o que fizeram forças ocidentais – Estados Unidos, Alemanha, França, Itália, Holanda e até Finlândia, Suecia, Suissa etc? 

Não ousaram enfrentar o urso; o discurso da União de Biden foi marcado pelo medo de enfrentar Putin; deixaram, então, covardemente, sua aliada, a Ucrânia, sozinha; a suspenção do cessar fogo parcial anunciado por Putin, quando poderia acelerar a ocupação, sob fogo cerrado da opinião pública, representa, simplesmente, derrota ocidental por falta de reação em favor da Ucrânia;  Biden/Otan, simplesmente, revelaram-se amigo da onça, imortal personagem de Péricles; o impressionante poder de fogo do ocidente não acendeu; nesse novo contexto em que se desdobra a ocupação russa, os termos essenciais, claro, não serão dados por Biden, mas por Putin. 

Mao Tse Tung tinha razão: Tio Sam é um tigre de papel! Ainda é incógnita a nova etapa, depois do cessar fogo, salvo se essa providência  for suspensa, por insistência da OTAN/Biden de prolongar conflito, de modo a justificar continuidade das sanções contra Putin, tentando afogá-lo, definiticamente. O tigre terá fôlego?

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247