Quem está a favor da PEC está contra o Brasil

"Não concordo com o engessamento do orçamento com o qual colaboro com alguma coisa, embora insignificante, durante os próximos vinte anos, o que jamais ocorreu anteriormente no Brasil. Limitar gastos significa diminuir investimentos, o que vai inviabilizar dezenas de projetos. Não só nas áreas de saúde e de educação, mas de infraestrutura. Sem novos portos e estradas, adeus prosperidade. Adeus saída da recessão", diz o colunista do 247 Alex Solnik, sobre a PEC 241; "Na minha visão, está contra o Brasil quem é a favor da PEC. Essa é a petição que eu assino"

"Não concordo com o engessamento do orçamento com o qual colaboro com alguma coisa, embora insignificante, durante os próximos vinte anos, o que jamais ocorreu anteriormente no Brasil. Limitar gastos significa diminuir investimentos, o que vai inviabilizar dezenas de projetos. Não só nas áreas de saúde e de educação, mas de infraestrutura. Sem novos portos e estradas, adeus prosperidade. Adeus saída da recessão", diz o colunista do 247 Alex Solnik, sobre a PEC 241; "Na minha visão, está contra o Brasil quem é a favor da PEC. Essa é a petição que eu assino"
"Não concordo com o engessamento do orçamento com o qual colaboro com alguma coisa, embora insignificante, durante os próximos vinte anos, o que jamais ocorreu anteriormente no Brasil. Limitar gastos significa diminuir investimentos, o que vai inviabilizar dezenas de projetos. Não só nas áreas de saúde e de educação, mas de infraestrutura. Sem novos portos e estradas, adeus prosperidade. Adeus saída da recessão", diz o colunista do 247 Alex Solnik, sobre a PEC 241; "Na minha visão, está contra o Brasil quem é a favor da PEC. Essa é a petição que eu assino" (Foto: Alex Solnik)

Eu não quis acreditar quando vi aparecer, sobre a tela de uma atração do youtube um anúncio com o seguinte teor:

"Se você é contra a PEC do Teto dos Gastos Públicos você é contra o Brasil". E convida: "assine a petição".

A campanha é assinada por um logotipo onde se lê: "PEC 241 a favor do Brasil". Nenhuma entidade se responsabiliza.

Isso me lembrou frases do tipo "ame-o ou deixe-o", de pouco saudosa memória e eu não me senti muito bem.

Se estamos numa democracia, como suponho que estamos, eu posso ser contra ou a favor de qualquer medida proposta pelo governo sem que isso represente que eu sou contra o Brasil.

Proibir a outra opção é um gesto autoritário, já que a PEC ainda está em votação, pois tem mais um turno na Câmara e dois turnos no Senado.

Não concordo com o engessamento do orçamento com o qual colaboro com alguma coisa, embora insignificante, durante os próximos vinte anos, o que jamais ocorreu anteriormente no Brasil. Limitar gastos significa diminuir investimentos, o que vai inviabilizar dezenas de projetos. Não só nas áreas de saúde e de educação, mas de infraestrutura. Sem novos portos e estradas, adeus prosperidade. Adeus saída da recessão.

Há muitos estudos não partidarizados que condenam com veemência a medida.

Na minha visão, está contra o Brasil quem é a favor da PEC.

Essa é a petição que eu assino.

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Ao vivo na TV 247 Youtube 247