Quem são os militares na fila do INSS?

Que treinamento tem os militares para exercerem funções administrativas previdenciárias?

A solução do governo em empregar sete mil militares da reserva para trabalharem no INSS com o intuito de diminuir a fila de espera, tem um nome: Mamata!

Que critério utilizado definiu que esse pessoal seria o indicado para o serviço? Acredito que nenhum, a não ser o de estar agradando a base eleitoral do governo.

Por que não treinar jovens que buscam a oportunidade do primeiro emprego, ou aposentados do INSS que conhecem o ambiente laboral?

Poderiam também convocar aqueles cidadãos que prestaram concurso e estão em cadastro de reserva. Seria uma alternativa e um alívio para quem está desempregado.

Recentemente o INSS demitiu centenas de estagiários com a alegação de não poder pagar a bolsa de R$ 520,00 e o vale transporte no valor de R$ 132,00, mas para pagar 30% sobre a aposentadoria dos militares que já recebem razoavelmente, a verba apareceu.

Que treinamento tem os militares para exercerem funções administrativas previdenciárias? Pelo que se sabe são treinados para a guerra e guarda das fronteiras, mas também lavam Jeep, pintam muros, meios-fios e árvores; cortam grama e entregam panfletos de combate à dengue. Segundo Eduardo Bolsonaro, dois deles bastam para fechar o STF.

Essas atitudes e outras, nos aproximam da falência do Brasil-nação. Nos afastando de Dostoievski, Nietzsche, Machado de Assis, dos livros de História e filosofia, da poesia e do romantismo, estamos entrando em uma Era sombria de chuva e de morte.

Talvez, quem sabe, possamos reinventar o que disse Jorge Mautner, fundador do ‘Partido’ do KAOS - Kamaradas Anarquistas Organizando-se Socialmente: “Do Brasil nascerá a Nova Coisa"

Brasil 247 lança concurso de contos sobre a quarentena do coronavírus. Participe do concurso

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247