Renan pede prisão de Wajngarten

"A decisão, no entanto, cabe ao presidente da CPI, Omar Aziz", explica Alex Solnik

Fabio Wajngarten e Renan Calheiros na CPI da Covid no Senado nesta quarta-feira (12)
Fabio Wajngarten e Renan Calheiros na CPI da Covid no Senado nesta quarta-feira (12) (Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

O relator Renan Calheiros acaba de pedir a prisão em flagrante do ex-chefe da Secom, Fábio Wajngarten, por ter mentido inúmeras vezes durante o seu depoimento à CPI da Covid.

A decisão, no entanto, cabe ao presidente da CPI, Omar Aziz que no momento do pedido de Renan estava ausente, sendo substituído pelo vice-presidente, Randolfe Rodrigues.

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email