Rosa Branca

Em tempos de neonazismo aberto e militante vamos ao suprassumo de sua experiência histórica. Sophia Magdalena School era alguém que valia muito a pena na Alemanha nos anos quarenta do século passado. Nasceu em 09 de maio de 1921 em Forchtenberg, na região da Estugarda. Era membro da organização anti-nazifascista 'Rosa Branca' e que fazia aberta oposição ao Terceiro Reich de Adolf Hitler

Lula
Lula (Foto: Ângelo Cavalcante)

A prisão seletiva de Lula já é o fascismo mais explicito e escancarado acontecendo. Eu sei que não vou ser entendido, normalmente não sou e ao fim, não pode haver fascismo para valer sem muita mídia de massa, logo, mídia massificada; que mente, manipula, distorce, simula, dissimula e constrói vasto continente de imbecis e zumbis políticos.

Bom... Em tempos de neonazismo aberto e militante vamos ao suprassumo de sua experiência histórica. Sophia Magdalena School era alguém que valia muito a pena na Alemanha nos anos quarenta do século passado. Nasceu em 09 de maio de 1921 em Forchtenberg, na região da Estugarda. Era membro da organização anti-nazifascista 'Rosa Branca' e que fazia aberta oposição ao Terceiro Reich de Adolf Hitler.

Sophia fazia reuniões, produzia textos, poesias, realizava atos políticos onde buscava desmontar ponto por ponto das teses supremacistas do nazismo. Em um de seus movimentos na Universidade de Munique foi flagrada pelo reitor, presa e entregue para a Gestapo.

Em vinte e quatro horas (24 horas... Lembra alguém?), Sophie, seu irmão Hans Scholl e o colega de movimento estudantil, Christoph Probst foram processados, inquiridos, sabatinados, julgados, condenados e mortos em guilhotina de feições medievais.

A 'Rosa Branca' era dos poucos movimentos da Alemanha com coragem de explicitamente denunciar abusos e absurdos do nazismo. A luta de Sophie e seus amigos virou filme em 1982 com o homônimo 'Rosa Branca' que fora dirigido pelo cineasta alemão Michael Verhoeven; de novo, virou filme em 2005 com o título 'Sophie Scholl - Die Letzten Tage" [Sophie Scholl - Os Últimos Dias] dirigido por Marc Rothemund e Fred Breinersdorfen. Nada, nada... O filme fora indicado para o Oscar de melhor filme estrangeiro na versão de 2006.

A experiência da 'Rosa Branca' nos ensina, grita, canta e balbucia aos nossos ouvidos; muito e bastante; e eu espero; sinceramente espero e de verdade, que vocês me entendam... Bom dia/Boa noite!

Ao vivo na TV 247 Youtube 247