Sanders, um velho jovialmente amado por seu povo; Temer, um velho odiado por todos

Dois septuagenários chamam a atenção hoje e não é por suas idades avançadas, mas por suas posturas éticas e políticas em face da sociedade de cada um. Bernie é inclusivo com proposta de integração de todas as chamadas minorias, aí negros, chicanos e homossexuais, Michel é apoiado por fundamentalistas, brancos ricos e machistas

Democratic presidential candidate Sen. Bernie Sanders, I-Vt., speaks during a campaign event, Monday, April 4, 2016, in Milwaukee. (AP Photo/Paul Sancya)
Democratic presidential candidate Sen. Bernie Sanders, I-Vt., speaks during a campaign event, Monday, April 4, 2016, in Milwaukee. (AP Photo/Paul Sancya) (Foto: Dom Orvandil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Amigo Damião Rodrigues da Silva, Brasília, DF

Choco-me quando leio comentários sob meus escritos elaborados por pessoas que escrevem que sou velho, gagá e que já deveria ter morrido.

Porém, no contraste entre os que elogiam ou criticam respeitosamente com fundamentos, de modo até que aprendo, como jornalistas e blogueiros famosos que me corrigiram fraternalmente, ajudando-me a escrever, fazendo-me agradecido por sua generosidade, percebi que os maus tratos se dão por parte de quem é realmente preconceituoso e incapacitado e não pela minha idade.

Mas a questão é muito mais profunda do que o problema de idade.

Dois septuagenários chamam a atenção hoje e não é por suas idades avançadas, mas por suas posturas éticas e políticas em face da sociedade de cada um. Refiro-me a Bernie Sanders, senador estadunidense que foi pré candidato a presidência naquele País e Michel Temer, vice presidente golpista do Brasil.

Sanders se define como socialista progressista, Temer é um burguês neoliberal atrasado.

Bernie é inclusivo com proposta de integração de todas as chamadas minorias, aí negros, chicanos e homossexuais, Michel é apoiado por fundamentalistas, brancos ricos e machistas.

Sanders é amado entusiasticamente pela juventude estadunidense, Temer odeia os jovens e é cercado por velhos de ideias envelhecidas e por velhacos medíocres.

Bernie abriu mãos de sua candidatura à presidente para apoiar Hillary Clinton como candidata unitária de seu partido, Michel traiu a aliança que ajudou a criar, desunindo e prejudicando o Brasil.

Sanders deu testemunho de correção ética ao conclamar seus eleitores e apoiadores a reforçar a unidade pela vitória da candidata majoritariamente escolhida para unir seu partido, Michel é exemplo de indecência ao se cercar dos piores traidores e golpistas com o objetivo de destruir a unidade nacional.

Bernie advoga que os pobres e a classe média têm direito à qualidade de vida sem exclusão, Michel pisa nos direitos e trata as políticas sociais como custos a serem cortados, favorecendo os mais ricos.

O ex-candidato estadunidense à presidência defende a tese de que os mais ricos têm que ser taxados para ajudar mais, o vice interino e golpista brasileiro sobrecarrega os pobres com impostos e com cortes em programas sociais para ajudar os endinheirados.

Sanders prega que as universidades e escolas devem ser públicas, gratuitas e de qualidade excelente, Temer odeia o ensino estatal, privilegiando as escolas comerciais picaretas, controladas pelo mercado perverso e egoísta.

Bernie não aprecia doações eleitorais das mega empresas por considerar que isso corrompe a democracia, Michel é ficha suja investigado por implicações nada éticas com o Porto de Santos e com a Petrobras.

Sanders é aclamado pelas multidões que o viam como alternativa de poder que permitiria mais justiça social, Temer receia sair do Palácio do Planalto porque sabe de seu desprestígio e que sua popularidade é de 6% nas pesquisas de opinião, a mais baixa que alguém já alcançou.

Bernie é entendido quando discursa, simpático falando a língua da maioria e de peito aberto, Michel é arrogante, encolhido para dentro da caixa torácica e antipático.

Sanders raciocina que os Estados Unidos deveriam se unir aos países pobres em favor da paz no mundo, Temer faz a política rasteira submetendo o Brasil ao Norte Americano, desprezando nossos vizinhos latino americanos e a paz mundial.

Enfim, o que escrevo comparando os dois anciãos não tem o ranço de achar que o que é dos Estados Unidos é melhor nem que o que é brasileiro é inferior.

Nada disso. O que reflito é que o militante Bernie Sanders é exemplo ético e político dentro de seu contexto e parâmetros justamente porque não é carreirista, invejoso e espírito menor como Temer. Enquanto este é mesquinho e pobre de espírito aquele milita com base em projetos de magnitude social e econômica em favor do seu povo.

Enquanto Sanders se reúne e debate com os melhores pensadores e lideranças comprometidas dos movimentos sociais de seu País, Temer ouve Eduardo Cunha e os corruptos investigados que enfiou nos ministérios, estuprando o poder central com sujeiras das mais repugnantes.

Quando sou obrigado a olhar para o interino golpista no Palácio do Planalto me encho de asco e de tristeza, mas quando olho para os Estados Unidos vejo debate entre as maiorias que querem um mundo mais justo e me alegro com a esperança de que o mundo ainda se salvará.

Temer é um azarão que só senta na cadeira da presidência no Brasil porque é menor moralmente e é ameaça à nossa paz social. Sanders trabalha com o sentido coletivo e democrático, mesmo que tenha que abrir espaço para sua companheira de partido, com quem colaborará pelo bem de seu povo, segundo afirmou no discurso que fez na convenção do Partido Democrata, definindo que a revolução não continua.

Esperança de que o mundo mudará com Hillary Clinton apoiada por Sanders? Não. Mas ânimo com alguém que é decente e busca fazer a humanidade melhor, bem diferente do golpista comparsa de Eduardo Cunha.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247