Sobre mortos e refugiados

Todos sabemos que em 2015 os esteites aceitaram a entrada de meros 145 infelizes oriundos da devastada república árabe síria. Sabemos também que as bombas de obama mataram muito mais que isso. Mesmo assim uma multidão está, agora, a condenar trump por não aceitar os refugiados muçulmanos

obama matou milhares de muçulmanos na síria, no iêmen, no afeganistão, no iraque, na somália, na líbia, no paquistão...

nas última décadas, ninguém matou mais muçulmanos que obama.

até aí tudo bem.

tapete vermelho no oscar, champagne na balada, selfies pra todo lado e tals.

acontece que os muçulmanos que conseguiram sobreviver aos brutais ataques da otan agora tentam reconstruir suas vidas nos países que os atacaram e destruíram seus sonhos futuros.

trump disse que lá eles não entram.

aí é que a porca começa a torcer o rabo.

ora, todos sabemos que em 2015 os esteites aceitaram a entrada de meros 145 infelizes oriundos da devastada república árabe síria.

sabemos também que as bombas de obama mataram muito mais que isso.

mesmo assim uma multidão está, agora, a condenar trump por não aceitar os refugiados muçulmanos.

claro que isso é condenável.

só que...

essa mesmíssima multidão se calou enquanto obama matava os parentes destes caras.

por que diabos os mudos agora passaram a gritar?

que recado essa multidão de midiota está a enviar ao mundo?

que matar pode?

foi obama quem criou o plano para expulsar 11 milhões de estrangeiros ilegais.

ninguém chiou ao ver obama devolver ao inferno quase três milhões de seres humanos.

trump disse que vai dar seguimento ao que já existe e começar expulsando 800 mil estrangeiros com condenações criminais nos esteites ou em seus países de origem.

qual é o problema?

e só um desmiolado esquece que quem criou uma paranoia anti muçulmanos nos esteites foi bush, ainda em 2001.

aliás, trump, nunca nos esqueçamos, no mesmo dia do estranhíssimo atentado às torres gêmeas (false flag?), disse não acreditar no que a mídia noticiava sobre o caso.

desconfiava, sobretudo, do colapso inexplicável de três edifícios projetados para suportar o impacto de aeronaves.

o terceiro ruiu sem ao menos ter sido atingido, caiu de susto?

e olha que os engenheiros que construíram o wtc trabalhavam para trump, ela sabia o que dizia.

quando diz "américa first", trump dá um nó semântico e muda a política imperialista dos esteites.

se antes o lema era "a américa em primeiro lugar", em detrimento das outras nações - de dentro pra fora -, agora é "em primeiro lugar, a américa", pensando de dentro pra dentro.

mesmo porque trump afirma que as guerras e as intromissões políticas em outros países só serviram para enriquecer ainda mais uns já endinheirados.

sobre isso, lembro-me de um discurso de jfk.

num rompante assustador de sinceridade, o galã e sexólotra disse a seu povo que os russos estavam na frente deles na corrida espacial.

os terríveis vermelhos já tinham botado homem, macaco, cachorro e o diabo no espaço.

kenedy disse que era imperativo chegar primeiro à lua.

todos sabemos de que forma eles "chegaram" na frente.

trump não quer mais saber dessa conversa olímpica de chegar primeiro.

não que tenha baixado nele o espírito de barrichelo, ele quer que os caras pensem em ser os melhores e não em ser os primeiros.

isso, além de evitar as fraudes de podium, se parece mais com estímulo a uma saudável interação colaborativa, que com uma disputa fratricida.

aí ponto pra trump.

um dos homens mais ricos da china, um tal jack ma, disse que ninguém está a roubar o emprego dos estadunidenses, os esteites é que estão a sacrificar o seu povo patrocinando guerras mundo afora.

e por falar em patrocinar guerras, george soros, o magnata que financia midiotas para provocarem distúrbios ao redor do mundo, está por trás de mais de 50 organizações feministas que promoveram o grandioso ato "espontâneo" anti trump.

a mídia tava lá em peso.

sem a manipulação da mídia, esse ódio a trump não teria tanta força.

por que a mídia que agora faz o povo odiar trump, não o fez, antes, amar bernie sanders?

foi com o apoio dessa mídia que bush inventou armas químicas no iraque e enforcou saddam.

com a conivência dessa mesma mídia anti trump, obama destruiu a líbia e jogou gadafi para ser destroçado pelas hienas.

com apoio da mídia anti trump, obama matou à vontade e hillary ganharia licença pra matar.

e os mudos seguiriam mudos.

tenho mais medo da mídia e dos insensíveis parasitas do sistema bélico-financeiro que de trump.

o problema hoje, como diz trump, é a midiotia e a propaganda.

"nos odiavam quando éramos comunistas", refletiu putin certa vez, "agora igualmente nos odeiam por sermos capitalistas?"

questões enigmáticas.

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Ao vivo na TV 247 Youtube 247