Sobre Silvio, Chatô e Sheherazade

Lembro-me de um comentário de Fernando Morais, autor do livro Chatô, em que ele narra uma situação análoga ao assédio moral perpetrado pelo Homem do Baú. O futuro chegou, senhoras e senhores, agora todo reacionário tem direito aos seus 15 minutos de infâmia

Lembro-me de um comentário de Fernando Morais, autor do livro Chatô, em que ele narra uma situação análoga ao assédio moral perpetrado pelo Homem do Baú. O futuro chegou, senhoras e senhores, agora todo reacionário tem direito aos seus 15 minutos de infâmia
Lembro-me de um comentário de Fernando Morais, autor do livro Chatô, em que ele narra uma situação análoga ao assédio moral perpetrado pelo Homem do Baú. O futuro chegou, senhoras e senhores, agora todo reacionário tem direito aos seus 15 minutos de infâmia (Foto: Lelê Teles)

veja que sincronicidade.

lembro-me de um comentário de Fernando Morais, autor do livro Chatô, em que ele narra uma situação análoga ao assédio moral perpetrado pelo Homem do Baú.

findava a década de '50.

lá pelas tantas, Assis Chateaubriand, o magnata das comunicações, dá uma sheherazada no sambista e jornalista David Nasser, um dos "seus" repórteres desde a adolescência:

“Que merda é essa, David, de falar mal do Juscelino na sua coluna?”

ao que David obtemperou: “mas, doutor Assis, é minha coluna, tem meu nome lá em cima, é minha opinião”.

aí o velho Chatô, chateado, respondeu tal qual o fez o nosso indefectível Abravanel Peruca:

“se quiser ter opinião, monta um jornal só para você; na minha revista você defende a minha opinião”.

por essa, David Nasser merecia um Troféu Imprensa em homenagem póstuma.

a estátua teria a efígie, com duck face, de Rachel Sheherazade.

o futuro chegou, senhoras e senhores, agora todo reacionário tem direito aos seus 15 minutos de infâmia.

palavra da salvação.

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Ao vivo na TV 247 Youtube 247