Temer, o cruel, se inspira no III Reich

O que o congelamento dos gastos vai causar? Com o nascimento de mais crianças com deficiências e mais velhos pobres que não terão previdência, porque não contribuíram, o Brasil exporá suas entranhas de miséria a céu aberto

Presidente Michel Temer durante reunião com ministros e líderes da base aliada na câmara dos deputados no Palácio do Alvorada (Brasília - DF 27/09/2016) Foto: Beto Barata/PR
Presidente Michel Temer durante reunião com ministros e líderes da base aliada na câmara dos deputados no Palácio do Alvorada (Brasília - DF 27/09/2016) Foto: Beto Barata/PR (Foto: Chico Vigilante)

Temer entrará para a história não só como um grande traidor. Traidor de alianças políticas, da Constituição, do patrimônio nacional.

Ele não será apenas visto como o responsável pela armação do golpe parlamentar midiático que derrubou uma presidente eleita por 54 milhões de votos.

Não será apenas lembrado como responsável pelo desmonte da Petrobras, do sistema energético brasileiro, da abertura do pré-sal à exploração do capital estrangeiro.

Não será mal falado pelo povo como o presidente golpista que minou o futuro do Brasil  como Nação atingindo direitos dos trabalhadores, dos jovens, das mulheres, dos negros, da grande maioria da população.

Ele entrará para a história também como criatura desalmada, responsável por ações inspiradas no III Reich nazista, de eliminar velhos, deficientes físicos e mentais, crianças com síndrome de down e outras anomalias que lhes permitem viver normalmente quando bem tratadas pelos sistemas de saúde e educação de qualquer país que trate dignamente seus cidadãos.

Temer vetou um artigo da MP 729 que, por emenda do Congresso, destinava recursos adicionais às prefeituras que acolhem, nas creches municipais, crianças com deficiência beneficiadas pelo programa BPC – Benefício de Prestação Continuada.

A partir daí e a cada dia percebemos o nível de crueldade que a sociedade brasileira deve esperar de Temer daqui por diante.

Após gastar R$100 mil num banquete no Alvorada para fechar o apoio dos deputados ao arrocho de 20 anos aos brasileiros, Temer justifica o corte afirmando que o custo adicional para tratar crianças deficientes  seria de R$ 9 bilhões.

Concordo plenamente com a líder da Minoria na Câmara, deputada Jandira Feghali, quando diz que “este deve ter sido o  primeiro ato do programa Criança Feliz, amadrinhado por Marcela Temer”. 

Em 1º de setembro de 1939, os nazistas criaram um programa de extermínio que visava a eliminação de doentes incuráveis, idosos senis, deficientes físicos e doentes mentais, inclusive crianças.

Adolf Hitler assinou um decreto autorizando os médicos e psiquiatras a concederem a eles o que chamavam de "morte de misericórdia" .

É isso que Temer está fazendo com as crianças pobres deficientes deste país. A única diferença é que aqui não vai haver necessidade de fornos de cremação.

Aos olhos dos algozes nazistas deficientes judeus eram "indignos de viver". Aos olhos do algoz Temer crianças pobres deficientes brasileiras também não.

Temer acha que as crianças deficientes brasileiras não merecem viver e que seus irmãos, mães e país tem que vê-los definhar sem ter onde ser acolhido e tratado como ser humano juntamente com outras crianças.

As famílias de deficientes vão retroceder há décadas quando viviam o sofrimento e o constrangimento de vencerem sozinhas a luta para que seus filhos fossem aceitos pelas direções de creches e escolas ouvindo sempre a mesma  alegação: a negativa era para não constranger as crianças normais.

Por que é isso que vai acontecer. Se não houver uma política pública com professores e psicólogos especializados nesta questão, estas crianças se transformarão em párias abandonadas à própria sorte. Tudo devido à barbárie e perversidade de Michel Temer.

O mesmo Michel Temer acusado pelo empresário José Antunes Sobrinho, um dos donos da construtora Engevix, em delação premiada, de ter recebido R$ 1 milhão de propina, paga pela Engevix, como recompensa por um contrato de R$ 162 milhões da empreiteira com a Eletronuclear.

O mesmo Michel Temer acusado pelo empresário Marcelo Odebrecht em delação premiada da Lava Jato, de ter sido o autor do pedido  de que a Marcelo repassasse R$ 10 milhões  ao PMDB, em 2014.

O mesmo Michel Temer , acusado pelo  procurador-geral da República, Rodrigo Janot,  baseado em investigações da PF, de ter recebido R$ 5 milhões do proprietário da OAS, José Adelmário Pinheiro, condenado por participação no esquema de corrupção na Petrobras.

É muita hipocrisia. Seu discurso de economia só funciona para os mais pobres.

O BPC é um benefício que alcança os mais pobres dos pobres. Garante um salário-mínimo mensal a idosos com mais de 65 anos que não tenham previdência  e a pessoas com deficiência, inclusive crianças, desde que a renda familiar per capita não ultrapasse um quarto do salário-mínimo.

Quem tem direito ao BPC ? aqueles que dividindo-se a renda familiar pelo número de membros, a renda individual não ultrapasse R$ 220 mensais. Ou seja, a família precisa ser muito pobre.

O atendimento das crianças com deficiências de toda natureza – físicas, mentais e sensoriais -  pelas creches municipais seria um apoio adicional e uma medida de inclusão. Será que o governo golpista Temer sabe o que significa medida de inclusão ?

O que o congelamento dos gastos vai causar ? com o nascimento de mais crianças com deficiências e mais velhos pobres que não terão previdência, porque não contribuíram, o Brasil exporá suas entranhas de miséria a céu aberto.

Se hoje temos crianças de rua, em breve teremos os velhos e velhas de rua, aí deixados para morrer a míngua.

O programa de "eutanásia", de Hitler, a morte nos fornos de cremação, atingia todos os cidadãos judeus na Alemanha.

Esses decretos sobre senilidade, deficiência física ou mental, eram apenas para dar um ar de legalidade ao extermínio, porque os médicos davam os diagnósticos que lhes eram ordenados.

Aqui Temer deu um ar de legalidade ao impeachment com o apoio da imprensa golpista e dos corruptos do Congresso Nacional.

Agora ele dá um ar de legalidade ao ataque aos bolsos dos brasileiros dizendo que esta é a única saída : o arrocho e o corte de direitos. O mesmo diz e dirá em relação à Previdência. Todos tem que trabalhar mais.

O que Temer dirá à sociedade brasileira que tem coração e às mães de filhos com problemas mentais ou físicos ou deficiências menores que estavam sendo atendidos em creches de todo o Brasil, vistos e tratados como iguais ?

Que o Brasil virou nazista e que as crianças deficientes e os velhos pobres não devem receber ajuda do Estado? Dirá que devem ser abandonados na rua para morrer ?

Porque é isso que ele está fazendo!

Ao vivo na TV 247 Youtube 247