Terrivelmente integralista

"Senadores que na CPI foram assertivos rasgaram a fantasia com Mendonça, aceitaram alegremente a mistura de religião com política. Sem se dar conta do mal que isso faz à democracia", escreve o jornalista Alex Solnik

www.brasil247.com - André Mendonça
André Mendonça (Foto: Agência Brasil)


Por Alex Solnik 

Um dia depois de 47 senadores confirmarem André Mendonça, que jurou de pés juntos deixar a religião do lado de fora do STF, seu mentor, Jair Bolsonaro fez questão de afirmar o oposto:

“Conseguimos enviar para o STF um homem terrivelmente evangélico”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em discurso a sargentos, deu um recado indireto ao novo ministro:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“A vocês, jovens formandos, não se esqueçam de uma coisa para o resto de suas vidas: a gratidão. Ninguém nunca consegue nada sozinho. Sempre dependemos de um pai, de um irmão, de um amigo para atingir os nossos objetivos”.

Durante a sabatina, Mendonça deu mostras evidentes de que será grato a Bolsonaro pelo resto da vida.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Se não for, será atacado impiedosamente pelo exército virtual bolsonarista.

Ontem, senadores que na CPI foram assertivos rasgaram a fantasia com Mendonça, aceitaram alegremente a mistura de religião com política.

Sem se dar conta do mal que isso faz à democracia.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Religião tem dogmas; política tem debate.

Religião que forma currais eleitorais deturpa a religião e a política.

Empolgado com a vitória, Bolsonaro não se conteve. Terminou seu discurso aos formandos com o lema “Deus, pátria e família”.

Terrivelmente integralista.  

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email