Trapaça do destino: Doria faz crescer a rejeição a Bolsonaro em São Paulo

Onde governou e é extremamente mal avaliado, Doria tem brutal rejeição, beira a casa dos 50%. Ao se apresentar como nome de Bolsonaro na capital, ele está contaminando o candidato do PSL

Trapaça do destino: Doria faz crescer a rejeição a Bolsonaro em São Paulo
Trapaça do destino: Doria faz crescer a rejeição a Bolsonaro em São Paulo (Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil)

Mais do que o ligeiro avanço nas intenções de voto de Fernando Haddad (de 41% para 43%) e a oscilação negativa de Bolsonaro (de 59% para 57%), a curva de rejeição dos candidatos é o dado relevante da recente pesquisa presidencial do Ibope. Os índices se movimentaram fora da margem de erro e podem vir a indicar a irrupção de uma onda pró-Haddad. Cresceu de 35 para 40% o contingente dos que não votam em hipótese nenhuma no capitão. E baixou de 47% para 41% o grupamento dos que afastam Haddad de qualquer possibilidade de voto.

Dois fatos, nesta semana, teriam contribuído para fazer crescer a rejeição de Bolsonaro: as estapafúrdias críticas de seu filho ao Supremo Tribunal Federal, que provocou reprovação e repulsa dos mais variados setores da sociedade brasileira. E a colagem do candidato João Dória ao nome do candidato do PSL na capital de São Paulo. Onde governou e é extremamente mal avaliado, Doria tem brutal rejeição, beira a casa dos 50%. Ao se apresentar como nome de Bolsonaro na capital, ele está contaminando o candidato do PSL.

A capital de São Paulo tem quase 10 milhões de eleitores. Se considerarmos a região metropolitana, o número chega 15 milhões. Oscilações neste conjunto tem forte impacto no resultado final, dada sua relevância demográfica. É neste território, sobretudo, que cresce a rejeição a Bolsonaro.
Trapaças do destino. Na reta final, que diria, Dória dá um empurrãozinho em Haddad. Resta saber se a força desta ajuda involuntária será capaz de alterar o resultado final.

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Luis Costa Pinto

Um governo imprestável

O jornalista Luis Costa Pinto, do Jornalistas pela Democracia, critica Jair Bolsoanro ao analisar suas ações para beneficiar o clã. "Prestando-se a esse papel antirrepublicano, antidemocrático,...

Ao vivo na TV 247 Youtube 247